NOTÍCIAS

Expedição da agricultura para a vida, da Corteva Agriscience chega ao Paraná com novidades

A Corteva Agriscience traz novidades para o projeto “Expedição da Agricultura para a Vida” esse ano. Além dos quatro pilares das inciativas de Boas Práticas Agrícolas: Manejo de Plantas Daninhas, Manejo Integrado de Pragas, Tecnologia da Aplicação e Segurança do Trabalhador, o Manejo de Doenças passa a integrar o escopo dos treinamentos. “A Corteva hoje tem o portfólio mais completo do mercado e isso também precisa ser refletido no nosso principal programa de Boas Práticas Agrícolas. Com a inclusão do manejo de doenças nos nossos treinamentos, suprimos mais uma necessidade dos consultores, agrônomos e técnicos que passam pelo programa,”, explica Jair Maggioni, coordenador de Boas Práticas Agrícolas da Corteva Agriscience.

Depois de uma reformulação interna, o caminhão terá condições de receber até 20 pessoas por vez, um aumento de mais de 25% na capacidade. E como parte das novidades, uma tela touch de 75 polegadas trará mais dinamismo e interatividade às aulas, além de um insetário, com várias espécies de isentos em resina, que serão utilizados para estudos de caso em cada região por onde o caminhão passar.

No pilar de tecnologia de aplicação, os participantes poderão visualizar em detalhes os diferentes modelos de pontas de aplicação por meio de maquetes com cortes 3D – peças exclusivas no Brasil, que facilitam o entendimento do agricultor sobre o tema.

O projeto educativo itinerante visitará 20 cidades brasileiras. A programação começou no Rio Grande do Sul e agora chega à Londrina, no Paraná, onde ficará nos dias 12 e 13 de junho. O caminhão passará ainda pelos estados de São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Tocantins, Maranhão, Pernambuco, Minas Gerais e pelo Distrito Federal.

O caminhão ficará dois dias em cada município, o que permite a realização de até quatro treinamentos de 4 horas em cada localidade, ministrados a consultores, agrônomos e técnicos responsáveis pelo cultivo. Para a aplicação dos treinamentos, a Corteva conta com a colaboração de acadêmicos e pesquisadores da divisão agrícola. 

Como é o caminhão itinerante de Boas Práticas Agrícolas

O caminhão tem 7 metros de comprimento e 3,5 de largura, com baú adaptado e dividido em ambientes visualmente atrativos. Cada tema lecionado contará com apresentações teóricas e práticas interativas, que serão realizadas nesses ambientes e por meio de uma tela touch de 75 polegadas onde os participantes testarão seu conhecimento de forma lúdica. Um herbário e um sementário complementam o aprendizado do pilar de Manejo de Plantas Daninhas, facilitando a identificação das invasoras.

Tecnologia e educação são duas áreas nas quais a empresa investe e tem seus valores atrelados, sempre com o objetivo de capacitar e divulgar as melhores práticas integradas em todo o processo de cultivo e produção. As Boas Práticas Agrícolas são uma das prioridades da “Expedição da Agricultura para a Vida”, que visa o comprometimento da companhia com um agronegócio sustentável.

ver mais notícias