NOTÍCIAS

Faesc alerta produtores sobre sementes recebidas da China

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), José Zeferino Pedrozo, encaminhou ofício aos Sindicatos Rurais de todo o Estado para alertar os produtores sobre o eventual recebimento de pacotes de sementes provenientes da China. O relato da entrega do material via Correios em algumas propriedades foi feito por agricultores catarinenses nesta semana, gerando preocupação dos órgãos responsáveis.

A orientação da FAESC é para que os produtores, ao receberem o material não solicitado, o levem até o escritório mais próximo da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) ou do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para que seja recolhido. A Federação pede para que as sementes não sejam plantadas ou descartadas nas propriedades.

“Diante do fato de não sabermos a procedência dessas sementes, que podem estar contaminadas e causarem a disseminação de pragas e doenças, além de sérios prejuízos econômicos e sanitários, solicitamos que os produtores rurais que tenham recebido algum pacote suspeito, não semeie e não jogue o material no lixo. É importante que o leve com a máxima brevidade a um escritório da Cidasc ou escritório mais próximo do MAPA para recolhimento e análise”, enfatiza Pedrozo.

Os produtores também podem entrar em contato com o Departamento Estadual de Defesa Sanitária Vegetal de Santa Catarina, pelos telefones 0800-644-6510 ou (48) 3665 7300 (WhatsApp) e solicitar mais orientações.

De acordo com a Cidasc, as sementes suspeitas e não solicitadas estão sendo endereçadas à cidadãos comuns, em pequenos pacotes atrelados à compra realizada, como se fossem um brinde.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura