NOTÍCIAS

Fertiláqua lança tecnologia para aumentar eficiência de defesa da planta

  • 12/12/2018 |
  • Camila Lopes

A Fertiláqua lança a categoria de indutores de resistência, que consiste no aumento da capacidade de defesa da planta contra amplo espectro de organismos fitopatogênicos, incluindo fungos, bactérias e vírus.

Os indutores são moléculas específicas que desencadeiam um complexo mecanismo de defesa das plantas contra estresses e são considerados uma alternativa moderna para minimizar os efeitos de patógenos. Seu uso apresenta-se como uma interessante ferramenta na prevenção de doenças, por seu efeito sistêmico, amplo espectro de ação, o que acaba auxiliando no controle de outras doenças e a compatibilidade com outras soluções. 

Segundo Evandro Carlos Binsfeld (Bife), diretor comercial da Fertiláqua, a performance dos fungicidas por si só, não atendem mais ao controle necessário das doenças.  “Em geral, os produtos apresentam controle de 65 a 70%. Quando acrescentamos indutores de resistência junto aos fungicidas tradicionais, conseguimos resultados extremamente satisfatórios, pois atacamos o fungo e otimizamos a planta a se defender melhor; e estas ações agem de forma  sinérgica,  permitindo melhores resultados agronômicos”.

José Ovídio Bessa, presidente do Grupo Fertiláqua, destaca: “A Fertiláqua vem investindo constantemente em pesquisa e desenvolvimento em diversos setores, como o de nutrição especial. Investimos não apenas na evolução dos produtos existentes no nosso portfólio, mas também trazemos inovação no lançamento de soluções”.
 

Força de Vendas

A Fertiláqua apresentou o novo produto durante o evento Crescendo com o Cliente – Força de Vendas, em novembro, em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. Palestrantes abordaram temas como a bioestimulação e o que ela pode fazer com os principais tipos de cultivares, resistência sistêmica adquirida, e quais as tecnologias que podem contribuir para melhores resultados e altos rendimentos na próxima safra. 

O encontro contou com a presença da equipe de campo do Grupo, representantes dos canais de venda, profissionais do setor e consultores do agronegócio. “O campo já percebeu o valor de aplicar novas tecnologias, como os indutores de resistência, e quanto pode trazer de desempenho e resultado de volta para o produtor. E a procura por isso tende a aumentar cada vez mais”, explica o diretor comercial da Fertiláqua.

ver mais notícias