NOTÍCIAS

Fiagril cria programa para digitalizar 1 milhão de hectares

Confia Tech consiste no monitoramento dos cultivos e na coleta de dados no campo de maneira totalmente digital, ajudando no gerenciamento da lavoura. - Foto: Divulgação

Com a proposta de levar ainda mais tecnologia ao campo e melhorar a rentabilidade das culturas, a Fiagril, sediada em Cuiabá/MT, acaba de disponibilizar aos seus clientes o Confia Tech. O programa desenvolvido em parceria com a AgTech Sima - Sistema Integrado de Monitoramento Agrícola, consiste no monitoramento dos cultivos e na coleta de dados no campo de maneira totalmente digital, via celular, o que possibilita, por exemplo, saber sobre o desenvolvimento e a saúde da lavoura em tempo real, ajudando os produtores no gerenciamento de sua fazenda utilizando informações preciosas.

A Fiagril que atua no fornecimento de insumos e serviços para o setor agrícola e também na originação de grãos, com o programa, passa a oferecer mais uma importante ferramenta aos seus clientes e entra definitivamente na era digital. As informações do Confia Tech são abastecidas com pelos Consultores Técnicos com informações geradas durante as visitas e atendimentos realizados nas fazendas dos clientes. Eles fazem os registros, coletas, recomendações e geram relatórios diretamente pelo App que são compartilhados com o produtor assim que as visitas se encerram, tudo em tempo real. Com essas informações sendo inseridas na ferramenta, engenheiros agrônomos podem utilizar esses dados para planejar ações e mitigar perdas.

Segundo a Gerente de Planejamento e Execução da Fiagril, Dinamari Sandri, o projeto atualmente já monitora mais de 500 mil hectares, mas a meta é chegar muito em breve à marca de 1 milhão de hectares nos estados de Mato Grosso, Amapá e Tocantins. “Queremos registrar 100% dos nossos atendimentos de toda a base de clientes ativos e habituais”, destaca a profissional.

Com a ferramenta, é possível, por exemplo, identificar se alguma área está sofrendo ataques de doenças, pragas, plantas daninhas, erros de aplicação, falhas de plantio ou qualquer outro fator que possa causar prejuízos na produtividade. E ao mesmo tempo o produtor tem acesso a essas informações em tempo real independentemente do local em que ele esteja e assim pode imediatamente decidir a melhor solução para o problema identificado. “É um ganho de tempo, comodidade e segurança para nossos clientes, que nem sempre estão presentes no dia a dia da propriedade. Receber esse tipo de informação, em tempo real, com imagens que são rastreáveis por meio de geoprocessamento é um grande benefício além de ser um diferencial. Oferecemos informação íntegra e atualizada aos nossos clientes", garante a gerente.

Com a implementação do programa, a Fiagril planeja uma otimização do tempo, uma comodidade e segurança dos dados. Com o produtor tendo em mãos um banco de informações, é mais fácil o uso e planejamento das safras futuras, garantindo maior rentabilidade das culturas. 

De acordo com Marcos Castro, Diretor Comercial de Insumos da Fiagril, com a iniciativa o produtor terá toda a segurança dos seus dados e que permite criar um histórico com todas as informações e acompanhar a evolução dos trabalhos e das ações implementadas na propriedade. “O Confia Tech é um organizador de informações. A gente devolve na hora um relatório da propriedade. Isso cria engajamento para o produtor e ele tem informações com a análise e parecer de um especialista, uma vez que nossos consultores são engenheiros agrônomos e têm toda capacitação para isso”, complementou.

Para o CEO da Fiagril, Henrique Mazzardo, o Confia Tech é o início de um projeto de digitalização de várias frentes de atuação da companhia. O pacote digital que a Fiagril está investindo no momento envolve a área de crédito e serviços agronômicos. “Estamos trabalhando no momento para digitalizar toda área de crédito, desde a análise de crédito até a formalização e registro de garantias, para salvar o tempo dos produtores, garantindo um processo mais ágil e eficiente”, afirmou.

Parceria de sucesso

O Confia Tech surgiu há menos de um ano, mas já conquistou grandes resultados. O programa começou a ser desenvolvido no início de 2020 após reunião da diretoria da Fiagril com a Sima, que apesar de ser uma empresa jovem no mercado brasileiro, já apresentava uma expertise muito grande acumulada da experiência em trabalhos na América Latina onde já é líder no segmento em diversos países.

Segundo Castro, a Fiagril buscava uma solução nesse sentido, mas até então todas as que tiveram contato, demonstravam dificuldade no desenvolvimento customizado e implementação no campo. “A Sima apareceu e rapidamente nos disponibilizou uma plataforma desenhada para a nossa necessidade, de uma forma muito ágil e assertiva. E nós conseguimos pôr o projeto para rodar em menos de 60 dias”, destaca.

Ainda de acordo o diretor, mesmo ainda os resultados sendo recentes, a Fiagril acredita no sucesso da ferramenta, por ser simples, inteligente, interativa e que traz um leque de facilidades para o cliente. Afinal os produtores estão ansiosos por plataformas digitais para facilitar suas vidas no campo e melhorar a gestão da propriedade dele no dia a dia. “Os feedbacks até agora são os melhores, eles nos dizem que a plataforma é realmente simples, de fácil uso e com todas as informações que necessitam para a gestão agronômica na propriedade. É isso que queremos, levar inteligência e agilidade para o campo com informações em tempo real e com segurança”, explicou.

Para Rafael Malacco, Gerente de Desenvolvimento de Mercado da Sima, a parceria deu certo, pois a Agtech ofereceu exatamente o que a Fiagril estava buscando. E mais do que isso, um dos pontos é que a empresa conhece bem essa realidade, as reais necessidades do campo, por isso conseguiu sanar todas as demandas. “O nosso time é composto por engenheiros agrônomos, gerente de projetos e pessoas que são especializadas em enxergar a necessidade e trabalhar com soluções pontuais para cada cliente. Por isso a parceria vai além da uma licença de uso de software, nós disponibilizamos um projeto de adoção de tecnologia com várias etapas, de treinamentos, implantação fazendo as devidas adaptações”, conta o profissional.

Outro diferencial da Sima é sua atuação que vai além dos serviços oferecidos pelos CRMs (Customer Relationship Management) ou Gerenciamento de Relacionamento com o cliente que hoje atuam no mercado. Segundo Malacco, a AgTech se posiciona em um nicho de mercado no qual não se encaixa apenas como um CRM tradicional, e nem como apenas um software agronômico. “Nós estamos ali no meio, mas com foco mais no lado de acompanhamento de gestão de agendas nas fazendas, ou seja, é poder ter essa programação da agenda de visitas, fazer o planejamento delas de toda a safra e acompanhar o que seria o planejado versus o realizado. Com muitas informações agronômicas também”, cita.

Novidades

Em breve, o Confia Tech será atualizado para emitir alertas regionais aos produtores rurais. Um dos casos possíveis dessa nova função é, por exemplo, a identificação de regiões sob ataque de ferrugem asiática ou incidência de determinada praga. Instantaneamente os clientes das propriedades próximas receberão um alerta falando para que os cuidados sejam redobrados no campo.

A ideia com esse programa também é voltar um pouco no tempo onde as relações de confiança eram mais importantes do que qualquer coisa. Mas, como voltar lá atrás? Como manter um relacionamento próximo com cada cliente sem manter tanto contato físico? “A resposta é através da nossa tecnologia. Nós trabalhamos para trazer inovação, inteligência artificial, que facilitam o impute dos dados, ter mais engajamento por parte dos produtores, para gerar mais informação e isso retornar para ele como resultado comercial e ganho de gestão de forma mais rápida, fortalecendo assim as relações comerciais”, finaliza Malacco.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura