NOTÍCIAS

Final do Hackathon coroa participação da John Deere na Campus Party 2017

Fotos: Aguinaldo Pedro

A equipe Plant Right foi a vencedora do 1° Hackathon John Deere, realizado na Campus Party 2017. Os vitoriosos receberam a notícia na cerimônia de encerramento do evento, considerado uma das maiores feiras de ciência, inovação e tecnologia do mundo, realizado na última semana em São Paulo.

O time desenvolveu um software que utiliza os dados das máquinas com dados inseridos pelo agricultor, cruzando-os com informações climáticas e andamento do plantio, bem como a frota atual do usuário. A partir desses dados o aplicativo acompanha a operação de plantio e dá uma espécie de consultoria para que o agricultor evite perdas causadas pelo atraso no plantio, sugerindo soluções de redimensionamento da frota a partir da aquisição ou compartilhamento de equipamentos do concessionário ou de vizinhos que tenham equipamentos ociosos à disposição.

No palco, eles receberam das mãos de Alfredo Miguel Neto, diretor de Assunto Corporativo da John Deere América Latina, e de Alex Foessel, diretor do Centro Latino-Americano de Inovação Tecnológica (LATIC), uma passagem aérea que dá direito a uma viagem com tudo pago para conhecer a sede do Intelligent Solutions Group (ISG) da John Deere, em Urbandale, nos Estados Unidos.

"Nos conhecemos aqui na Campus e nos juntamos poucos antes de começar a competição. Foi tudo muito rápido e estávamos empolgados. Aceitar o desafio de pensar em tecnologias que vão contribuir alimentar o mundo foi sensacional", conta Renan Luz Barreto, de Belém do Pará (PA). O grupo ainda tinha um representante paulista (de Campinas), dois mineiros (de Belo Horizonte) e um paranaense (de Pitanga). As equipes JD Connect, Time Abdub, Parceria JD, (respectivamente o 2°, 3° e 4° colocados) vão conhecer o centro de tecnologia da empresa em Indaiatuba (SP).

Com o desafio de conectar o homem do campo com a tecnologia da John Deere, o Hackathon foi a principal ação da companhia na Campus Party. Ao todo, a maratona teve mais de 450 pré-inscritos, sendo 121 participantes efetivados, formando equipes de até cinco pessoas. Ao todo, foram apresentados 19 projetos inovadores. Após 24 horas de desenvolvimento, foram escolhidas quatro equipes finalistas, que tiveram a oportunidade de aprimorar os trabalhos e defendê-los no próprio estande da empresa. Profissionais das áreas de tecnologia e suporte ao cliente atuaram como mentores do concurso.

"Durante todo o Hackathon os participantes tiveram vários insights que nos mostraram que eles estavam realmente se dedicando a pensar inovações para o mundo agrícola. Vamos seguir conectados com todos estes talentos. Se, por um lado, aprendemos muito, por outro certamente engajamos este público fã de inovação para o desenvolvimento do futuro do campo", conta Alex Foessel, que também foi um dos jurados na final, realizada no sábado (4/2).

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura