NOTÍCIAS

Herbicidas Enlist Colex-D reduzem o potencial de deriva em até 90% nas lavouras de soja e milho

Tecnologia Colex-DTM oferece outras vantagens, como ultrabaixa volatilidade, odor reduzido, fácil manuseio, e contribui no controle de plantas daninhas. - Foto: Wenderson Araujo/CNA

Tão importante quanto garantir a venda da próxima safra é planejar o cultivo sustentável e seguro da plantação. Esse processo começa pela aplicação de defensivos agrícolas que contribuem para o controle eficiente de plantas daninhas. A tecnologia Colex-D, presente nas novas formulações de herbicidas da Corteva Agriscience, pode ser uma importante aliada do agricultor nessa tarefa. Os herbicidas Enlist Colex-D e Enlist Duo Colex-D têm o potencial de reduzir entre 50% e 90% a deriva nas lavouras de soja e milho, a depender da escolha da ponta de pulverização, entre outras vantagens.

Segundo André Baptista, Líder de Portfólio de Herbicidas da Corteva Agriscience, o controle de plantas daninhas é um grande desafio para o agricultor. São centenas de espécies mapeadas, que podem influenciar direto na produtividade. Para evitar perdas desnecessárias à lavoura, ele aconselha a aplicação correta de herbicidas, seguindo as premissas de boas práticas agrícolas. “A deriva pode causar aumento dos custos de produção, ineficiência no controle de plantas daninhas. Ao adotar as devidas precauções, o produtor preserva as culturas sensíveis e as áreas vizinhas”, explica. 

De acordo com dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a buva sozinha é responsável por um custo adicional de até R$ 1 bilhão para o agricultor brasileiro e ocupa 16 milhões de hectares de lavouras. Esta é uma das três principais plantas daninhas comumente encontradas na cultura da soja. Para controlar as diversas espécies que trazem prejuízo à lavoura, recomenda-se a adoção de iniciativas sustentáveis com relação ao meio ambiente, à saúde humana e à produtividade da lavoura. 

“É fundamental respeitar as condições climáticas, como temperatura inferior a 30ºC, umidade relativa do ar superior a 55% e velocidade média do vento entre 3 e 10 km por hora”, aconselha Baptista. O especialista da Corteva acrescenta ainda que é necessário realizar as aplicações com um volume de calda entre 100 e 150 litros por hectare, utilizar pontas de pulverização com indução de ar e barras de pulverização a 50 centímetros de altura do alvo. Esses procedimentos não apenas evitam a deriva como também trazem mais eficiência no controle de plantas daninhas e garantem o sucesso da colheita.

Além disso, o produtor tem a seu favor tecnologias capazes de reduzir significativamente a deriva. Os herbicidas Enlist Colex-D e Enlist Duo Colex-D foram desenvolvidos de maneira a terem baixíssima deriva e ultrabaixa volatilidade. Esta solução apresenta redução de até 50% no potencial de deriva se utilizada uma ponta de pulverização tradicional. Em caso de aplicação com uma ponta com indução de ar, que tem mais tecnologia, essa redução pode chegar a 90%. Essa nova tecnologia oferece odor reduzido em comparação a outros herbicidas, o que proporciona comodidade aos aplicadores; mais flexibilidade para aplicação durante o dia, seguindo as indicações de uso; e é 100% compatível com todos os sais de glifosato. O produtor pode usá-la da dessecação e pós-emergência na soja Enlist, respeitando o período de carência recomendada para cada cultura conforme a bula dos herbicidas registrados.

O Enlist Colex D vem com o novo 2,4-D sal colina, e o Enlist Duo Colex-D traz a mistura do 2,4-D sal colina, glifosato e sal dimetilamina. Ambos fazem parte do sistema Enlist. Na cultura da soja, as principais plantas daninhas controladas por esses herbicidas são a buva, a trapoeraba, a corda-de-viola, o leiteiro e a erva-quente. Para o milho, eles controlam o capim-amargoso, a trapoeraba, a papuã, o capim-pé-de-galinha e a corda-de-viola. No caso do algodão, as principais ervas daninhas controladas são a corda-de-viola, o apaga-fogo, o carrapicho-de-carneiro, o timbete e o picão-preto. 

Tecnologia Enlist

A tecnologia Enlist é a evolução no controle de plantas daninhas, pois permite a aplicação de diversos herbicidas em pós-emergência nas culturas de soja e milho, como o 2,4-D, glifosato e glufosinato. As sementes de soja Enlist e milho Enlist estão associadas à genética de alta produtividade. Quando relacionadas à biotecnologia (Bt), garantem melhor proteção contra lagartas, maximizando o potencial produtivo das cultivares de soja e híbridos de milho. O milho Enlist é também tolerante ao haloxifope. Os herbicidas Enlist Colex-D (2,4-D sal colina) e Enlist Duo Colex-D (mistura pronta de 2,4-D sal colina + glifosato sal dimetilamina) apresentam baixa deriva, ultrabaixa volatilidade, odor reduzido e fácil manuseio. A tecnologia Enlist está disponível nas marcas próprias Brevant Sementes, Pioneer e Cordius e em marcas licenciadas (Brasmax, Don Mario, Nidera, TMG, HO Genética e Syngenta). Para incentivar o uso responsável e garantir a longevidade da tecnologia, Enlist segue os conceitos das Boas Práticas Agrícolas.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura