NOTÍCIAS

Integrantes dos comitês Estratégico e Executivo do Pronasolos tomam posse

Para os integrantes dos comitês, o conhecimento detalhado e aprofundado dos solos irá possibilitar à agricultura brasileira ganhar mais competitividade e contribuir para o desenvolvimento do país. - Foto: Tony Oliveira/CNA

Os integrantes dos comitês Estratégico e Executivo do Programa Nacional de Levantamento e Interpretação de Solos do Brasil (Pronasolos) tomaram posse nesta quarta-feira (26) em uma cerimônia virtual.

Os comitês serão responsáveis pela estratégia e execução do programa, que irá mapear todos os solos existentes em território nacional até 2048. Entre as atribuições dos comitês estão definição de metas, capacitação das equipes, articulação entre os órgãos federais, estados e municípios, realização de pesquisas e monitoramento das etapas de trabalho.

O secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes, participou da cerimônia e ressaltou que a instalação dos comitês é "um marco para o mapeamento e sustentabilidade da agropecuária brasileira". 

O secretário-adjunto de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Mapa e coordenador do Comitê Estratégico, Pedro Neto, destacou que o solo é um dos principais recursos naturais de um país e “conhecê-lo é uma vantagem estratégica, seja para agricultura, mineração, energia, infraestrutura ou defesa”. Segundo Pedro Neto, os últimos levantamentos a campo datam da década de 1980.

O presidente da Embrapa, Celso Moretti, lembrou que após os investimentos em pesquisa e tecnologia para a agricultura tropical, o Brasil deixou de ser um importador de alimentos para se tornar uma potência agrícola. “Esse conhecimento mais aprofundado dos solos brasileiros também irá favorecer a política publicar do Plano ABC, de agricultura de baixa emissão de carbono”, disse.

Segundo a chefe-geral da Embrapa Solos, Petula Ponciano, um dos desafios do programa é a organização de todas as informações disponíveis atualmente sobre solos, que “viabilize a execução dos projetos de levantamento de solos e que as interpretações com as aplicações funcionais do conhecimento de solos cheguem a todos os cidadãos do Brasil e se conecte com o mundo”. A Embrapa Solos irá coordenar o Comitê Executivo.

A diretora do Departamento de Produção Sustentável e Irrigação do Mapa, Mariane Crespolini, destacou que a primeira entrega do Pronasolos ocorrerá em dezembro deste ano, com a implantação da plataforma tecnológica.

O Comitê Estratégico é formado por representantes dos ministérios da Economia, Minas e Energia, Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Meio Ambiente, Desenvolvimento Regional e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

Já o Comitê Executivo é composto por membros do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Mapa, da Diretoria de Serviço Geográfico do Comando do Exército do Ministério da Defesa, da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo e de organizações estaduais de pesquisa agropecuária.

Para os integrantes dos comitês, o conhecimento detalhado e aprofundado dos solos irá possibilitar à agricultura brasileira ganhar mais competitividade e contribuir para o desenvolvimento do país, além de apoiar a formulação de políticas públicas sobre conservação do solo, preservação de ecossistemas, uso sustentável dos recursos naturais e segurança alimentar.

O Mapa ressalta que a participação e parceria dos órgãos e entidades que integram os comitês são fundamentais para o cumprimento dos objetivos do Pronasolos. Os trabalhos já terão início na próxima semana.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura