NOTÍCIAS

Jacto faz parceria com Green Eletron para logística reversa dos painéis eletrônicos, baterias e carregadores de equipamentos portáteis

A parceria entre a Jacto e a Green Eletron vai atuar na logística reversa dos painéis eletrônicos, baterias e carregadores dos pulverizadores e dosadores portáteis. - Foto: Divulgação

A Jacto firmou uma parceria com a Green Eletron, maior gestora sem fins lucrativos de logística reversa de eletroeletrônicos e pilhas, para coleta e destinação ambientalmente correta dos painéis eletrônicos, baterias e carregadores de equipamentos portáteis produzidos pela empresa para uso doméstico, como pulverizadores e dosadores.

Uma das premissas da Jacto ao longo de sua trajetória é maximizar a sustentabilidade de seus produtos e processos, reduzindo o uso de recursos naturais e a geração de resíduos.

Essa atuação vai ao encontro da Política Nacional de Resíduos Sólidos, que em seu Art. 33 diz: "São obrigados a estruturar e implementar sistemas de logística reversa os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes de produtos eletroeletrônicos, pilhas e baterias".

A Green Eletron é uma organização fundada em 2016 pela ABINEE (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), que atende à demanda crescente pela criação de alternativas para a coleta e tratamento adequado dos eletroeletrônicos, pilhas e baterias em seu fim de vida.

A organização criou um sistema coletivo para gerenciar toda a logística reversa das empresas associadas, que envolve desde a criação de Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) até o envio dos itens descartados para recicladoras, responsáveis por transformar os produtos em matéria-prima que possam ser reutilizadas na indústria.

Para se ter uma ideia da importância do tema, de acordo com o relatório The Global E-Waste Monitor, feito pela Universidade das Nações Unidas, em parceria com diversos órgãos internacionais, que levanta dados qualitativos e quantitativos sobre a gestão do lixo eletrônico em todo o mundo, o Brasil produziu 2,1 milhões de toneladas de resíduos em 2020, figurando no quinto lugar do ranking mundial de produção, e primeiro lugar no cenário latino-americano.

O documento não apresenta dados atualizados do quanto desse montante foi reciclado, mas estima-se que seja de aproximadamente 3%.

Dinâmica da logística reversa

A parceria entre a Jacto e a Green Eletron vai atuar na logística reversa dos painéis eletrônicos, baterias e carregadores dos pulverizadores e dosadores portáteis produzidos pela empresa, precisamente os modelos DJB, DJB-S, PJB e linha urbana. Assim que outros equipamentos Jacto a bateria forem lançados, serão incluídos no mesmo programa.

Por meio da parceria, os painéis eletrônicos, baterias e carregadores dos equipamentos poderão ser entregues nos pontos de entrega voluntária (PEVs) da Green Eletron, encontrados em todo país nos principais centros varejistas. 

A organização fará a logística da coleta desses resíduos, a destinação para reciclagem com empresas homologadas e o retorno desses equipamentos eletrônicos de forma adequada no ciclo produtivo.

Além dos pontos fixos de entrega, a Green Eletron realiza periodicamente campanhas alternativas, com coletas itinerantes, para potencializar as ações e incentivar o descarte correto dos produtos eletroeletrônicos.

"Como membro de um grande ecossistema, a Jacto está sempre cuidando dos seus processos e buscando oportunidades de torná-los mais sustentáveis. Essa parceria vai além do atendimento a uma legislação: faz parte de nossas práticas e valores, os quais temos muito orgulho de preservar e perenizar", explica Carlos Daniel Haushahn, Presidente da unidade de equipamentos portáteis da Jacto.

"Os resultados positivos que alcançamos recentemente dependem das parcerias e é muito importante perceber que as empresas estão cada vez mais comprometidas em atender aos requisitos socioambientais, assim como a Jacto. Já conseguimos evitar que mais de 1,8 mil toneladas de pilhas e mais de 530 toneladas de produtos eletroeletrônicos acabassem na natureza", conta Ademir Brescansin, gerente executivo da Green Eletron.

"Sustentabilidade é a palavra que vem norteando os setores da economia mundial. E nesse cenário, novos processos para reduzir a utilização de recursos naturais e ampliar a produção de forma eficiente são absolutamente necessários para suprir as demandas globais por alimentos, energia, saúde e infraestrutura", finaliza Fernando Gonçalves, Presidente da Jacto.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura