NOTÍCIAS

John Deere reorganiza operações em meio a pandemia do Coronavírus

Com o objetivo de contribuir na contenção da curva de contaminação pelo novo Coronavírus (COVID-19), a John Deere comunica que está reorganizando suas operações no Brasil.

Com o objetivo de contribuir na contenção da curva de contaminação pelo novo Coronavírus (COVID-19), a John Deere comunica que está reorganizando suas operações no Brasil. A partir desta quarta-feira 25, o Centro de Distribuição de Peças para América do Sul, localizado em Campinas (SP), atuará em regime de escalonamento, com o objetivo de não interromper o apoio ao produtor agrícola neste momento crítico de colheita da safra atual e de garantir disponibilidade de serviços aos clientes do segmento de construção. Esta medida se faz necessária uma vez que a produção de alimentos e a infraestrutura são consideradas pelas autoridades como atividades essenciais à população.

Também a partir desta quarta-feira 25 serão paralisadas, por período ainda a ser definido, as fábricas de Horizontina (RS), onde se produzem colheitadeiras e plantadeiras, e de Porto Alegre (RS), onde está localizada a unidade produtiva da Ciber, fabricante de equipamentos rodoviários da Wirtgen Group, pertencente à Deere&Co.

Na segunda-feira (30), a medida de paralisação passa a prevalecer nas demais unidades: fábrica de tratores em Montenegro (RS); fábrica de pulverizadoras PLA em Canoas (RS); fábrica de máquinas de construção em Indaiatuba (SP), incluindo a planta em joint-venture Deere-Hitachi; e fábrica de colhedoras de cana e pulverizadoras em Catalão (GO).

Todos os colaboradores localizados na Sede América Latina, em Indaiatuba (SP), como do Banco John Deere e dos Serviços de Suporte ao Cliente, trabalharão normalmente em regime remoto (home office).

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura