NOTÍCIAS

Junho tem início com vendedores de algodão flexíveis e baixo interesse de compradores

Compradores do algodão estão retraídos no spot devido à expectativa de boa oferta da temporada 2018/19. – Foto: Wenderson Araujo/CNA

Mesmo que alguns vendedores consultados pelo Cepea estejam mais flexíveis nos valores de negociação da pluma, indústrias ofertam preços ainda menores, dificultando os fechamentos. No geral, compradores consultados pelo Cepea estão retraídos do spot, devido à expectativa de boa oferta da temporada 2018/19 e das cotações mais atrativas. Esses agentes trabalham com a pluma estocada ou recebida por meio de contratos firmados na safra 2017/18.

Comerciantes, por sua vez, realizam negócios “casados”, mas também tentam adquirir a pluma para cumprimento de programações. Do lado vendedor, especialmente tradings estão mais flexíveis nos preços, por conta das desvalorizações dos contratos na Bolsa de Nova York (ICE Futures) e do dólar. Assim, após recuar 2,58% em maio, entre 31 de maio e 11 de junho, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, caiu 1,6%, fechando a R$ 2,8245/lp, na terça-feira, 11 de junho. 

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura