NOTÍCIAS

Maior assertividade no manejo de plantas daninhas garante mais produtividade nas lavouras de arroz

  • 31/10/2018 |
  • Roberta Silveira

De acordo com estatísticas das Nações Unidas, a produção de alimentos no mundo precisa aumentar 60% até 2050 para suprir a crescente demanda. Crescimento da população no hemisfério sul, aumento da demanda nos países em desenvolvimento e mudanças nos padrões de consumo justificam a estimativa. Neste contexto, um dos principais desafios do agronegócio é aumentar a produtividade sem ampliar a área cultivada.

A produção de alimentos exige dos agricultores cada vez mais assertividade no manejo das lavouras. Para o arroz, um dos cultivos mais consumidos no Brasil, a incidência de plantas daninhas, pragas e doenças (nessa ordem) afetam diretamente a produtividade e qualidade dos grãos. É o caso do arroz vermelho, uma das infestantes mais devastadoras do cultivo e que pode provocar perdas de até 1 milhão de toneladas por safra, se o manejo não for feito corretamente.

Para apoiar os agricultores e assegurar a continuidade da sustentabilidade e competitividade do arroz brasileiro, a Basf desenvolveu o Sistema Clearfield. A solução combina sementes geneticamente selecionadas com herbicidas para resultar no manejo do arroz vermelho e de outras plantas daninhas de difícil controle.

O Sistema de produção Clearfield está presente em mais de 80% das áreas de arroz irrigado cultivadas no Brasil e muito tem contribuído para a evolução da rizicultura.  “Além de proporcionar menor custo de produção, o Sistema Clearfield também possibilita maior produtividade, rentabilidade e qualidade de grãos por área cultivada”, ressalta Vitor Bernardes, gerente de Marketing de Arroz e Cultivos de Inverno da Basf.

Para Valmir Menezes, agrônomo e consultor especializado em arroz, fazer o uso do Sistema Clearfield oferece controle eficiente do arroz vermelho, sem afetar a lavoura. “O sistema foi, é e será fundamental para o cultivo de arroz irrigado no Brasil. A estratégia efetiva é não deixar que as sementes de arroz vermelho se disseminem na lavoura. Para o melhor desempenho do sistema, ele pode ser rotacionado com outras culturas, uma vez que é indicado utilizar o sistema por até 2 safras consecutivas na mesma área”, comenta Menezes.

ver mais notícias