NOTÍCIAS

Mais de 400 estudos de segurança de glifosato podem ser acessados online

Produtos utilizados na agricultura são avaliados diariamente antes de serem comercializados.

A Bayer está aberta para discussões baseadas em ciência sobre o perfil de segurança de glifosato com agências regulatórias de todo o mundo, com a comunidade internacional de pesquisadores e também para o público em geral. Para isso, mais 107 novos relatórios de estudos de segurança de glifosato pertencentes à Bayer e que foram submetidos à Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA), como parte do processo de autorização de substâncias na União Europeia (UE), agora podem ser acessados na plataforma dedicada de transparência da Bayer, que já contava com mais de 300 estudos sobre o produto. Ao incluir mais estudos sobre a segurança de seus produtos para proteção de cultivos na plataforma, a empresa cumpre seu compromisso com a transparência. Muitos desses estudos e outros similares também foram submetidos e avaliados pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA durante a própria avaliação de risco de glifosato.

"A transparência é um catalisador de confiança, portanto, mais transparência é algo bom para os consumidores, os políticos, os tomadores de decisões e as empresas. Como uma empresa de inovação, a segurança é nossa principal prioridade e estamos totalmente comprometidos em fazer tudo o que pudermos para garantir que nossos produtos sejam seguros para as pessoas e para o meio ambiente", disse Liam Condon, membro do Conselho de Administração da Bayer AG e presidente da Divisão Crop Science. "Ao disponibilizar publicamente nossos dados científicos detalhados de segurança, estimulamos todos os interessados a ver por si próprios o quão abrangente é a nossa abordagem à segurança. Estamos abertos para o diálogo e esperamos que isso contribua para mais confiança em ciência sólida".

Esta nova inclusão no website de Transparência da Bayer ocorre após a publicação, em dezembro passado, de mais de 300 resumos de estudos de segurança de glifosato submetidos no processo da UE de autorização de substâncias para produtos de proteção de cultivos. Todos os estudos detalhados sobre a segurança de glifosato pertencentes integralmente à Bayer estão agora disponíveis.

Devido a restrições legais, a Bayer não pode divulgar os estudos de glifosato realizados por e de propriedade de terceiros. Para informações adicionais, acesse nossa página de perguntas frequentes.

A Bayer reafirma a segurança do glifosato e continuará a defender seus produtos à base da substância. A empresa está trabalhando diligentemente para garantir que as discussões em torno do glifosato sejam precisas e continuará a compartilhar informações sobre a consistente base de dados científicos que confirmam que o glifosato e os produtos baseados nesta substância são seguros, quando utilizados conforme as recomendações, e que não causam câncer. Leia mais sobre glifosato e sua importância para a agricultura moderna em http://www.bayer.com/en/about-glyphosate-based-herbicides-and-their-role-in-agriculture.aspx.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura