NOTÍCIAS

Manejo eficiente das lavouras contribui para produção recorde de café no Brasil

  • 22/10/2018 |
  • Manoela Machado

Neste ano, o Brasil deve bater o recorde de produção de café. A estimativa é que nesta safra sejam colhidas cerca de 59,9 milhões de sacas (de 60 quilos) segundo a Conab – Companhia Nacional de Abastecimento. A produtividade aumentou 33% em relação ao ciclo anterior, com a média de 32,17 scs/ha. Além da bienalidade positiva, as condições climáticas e a melhoria do pacote tecnológico nas lavouras impulsionaram o crescimento da produtividade do país. 

Para alcançar bons resultados nos cafezais, o agricultor deve estar atento ao monitoramento e manejo integrado de pragas e doenças. O controle da ferrugem é considerado um dos principais desafios para o desenvolvimento da cultura. O fungo pode causar danos de até 50% na produção do café, caso o controle não seja feito corretamente.

Outro ponto de atenção é a incidência da mancha-de-phoma. A doença, dependendo do nível de infestação, pode reduzir a produtividade em até a 20%, causando a perda de peso do grão.

A Basf apresentará ferramentas importantes para o controle das principais doenças nos cafezais durante o 44º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, organizado pela Fundação Procafé. O evento, que ocorrerá na cidade de Franca (SP), de 23 a 26 de outubro, discutirá novidades tecnológicas para o setor, resultados de pesquisas e inovações da cafeicultura.

“A Basf busca auxiliar os cafeicultores com as melhores práticas de manejo para aumentar a rentabilidade e longevidade da sua produção. As ocorrências prematuras ocasionadas por doenças nas gemas podem ocasionar a perda completa da floração. Por isso, um bom controle, com um eficiente pacote tecnológico e uma boa resposta de tratamento são imprescindíveis para alcançar altos níveis de produtividade”, alerta Stael Prata, gerente de Marketing de Café da Basf.

Para o período da floração, a Basf possui os fungicidas Cantus, responsável por inibir a infecção e crescimento dos fungos e Orkestra SC, eficiente no controle do complexo de doenças nas lavouras de café, garantindo uma boa florada.

Para o controle de ferrugem, a Basf oferece fungicidas altamente eficientes que também auxiliam o incremento de produtividade e qualidade dos grãos: o Opera, que garante o controle de ferrugem e o Comet, indicado para impedir a propagação da cercosporiose.

Para próxima safra, em ano de bienalidade negativa, o produtor também deve ficar atento à incidência da broca-do-café. Por isso, a BASF apresentará no evento o inseticida Verismo. A solução oferece um novo princípio ativo com alta eficiência, superior a 80%.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura