NOTÍCIAS

Maturação do canavial com regulador de crescimento contribui na qualidade da matéria-prima e nos ganhos de ATR

Tecnologia com indicação de uso de fevereiro a maio, favorece o gerenciamento e amplia a janela de colheita. - Foto: Divulgação

No momento em que se aproxima o início da moagem de cana-de-açúcar no Centro-Sul do Brasil, a Sipcam Nichino difunde estudos que demonstram a ação de um insumo da marca nas lavouras. Conforme a companhia de origem ítalo-japonesa, ensaios a campo recentes, realizados em áreas comerciais e experimentais, atestam ganhos na qualidade da matéria-prima e de ATR (açúcar por tonelada de cana) associados ao manejo da cultura com o regulador de crescimento Sprint.

De acordo com Carulina Oliveira, gerente de produtos da Sipcam Nichino, o manejo correto da tecnologia da empresa, com recomendações de uso específicas entre os meses de fevereiro e maio, acelera a maturação natural da cana-de-açúcar.

Conforme a especialista, resultados a campo observados em lavouras das regiões de Iturama, Lençóis Paulista e Santa Bárbara d’ Oeste, no interior de São Paulo, apontaram que o regulador de crescimento da empresa transferiu ganhos entre 4,5 kg e 12 kg a mais de ATR por tonelada de cana colhida, em períodos de 15 dias a 60 dias após aplicado, na comparação ao chamado tratamento-padrão do produtor.

“Trata-se de um recurso do produtor para promover acúmulo de sacarose, ampliar a janela de colheita e também melhorar o gerenciamento da colheita da matéria-prima”, diz Carulina Oliveira. Ela explica que Sprint pertence ao grupo químico das sulfonilureias e tem como ingrediente ativo o composto ortosulfamuron. Graças a essas características, enfatiza, o regulador de crescimento é usado em menores doses frente a outros tratamentos. “A relação custo-benefício é altamente favorável ao produtor”.

Ainda conforme Carulina Oliveira, a utilização de reguladores de crescimento, já no início da safra, faz parte das recomendações da equipe técnica da empresa às unidades produtoras de açúcar, etanol e energia e aos fornecedores de cana. Segundo ela, esses produtos auxiliam no aumento da capacidade de moagem da indústria, melhoram o grau de pureza do caldo extraído da planta e evitam coloração indesejável do açúcar.

“Regulador de crescimento é um produto estratégico diante do impacto das mudanças climáticas nas lavouras, do aumento da área cultivada, perseguido por boa parte das empresas do setor e, consequentemente, do aumento da distância entre a indústria e a lavoura”, complementa Carulina. De acordo com ela, o regulador de crescimento Sprint apresenta ação sistêmica – no interior da planta – e interrompe temporariamente o crescimento vegetativo da cana, abrindo caminho para aumento do teor de sacarose e da antecipação da colheita.

“Sprint é altamente seletivo à cana-de-açúcar, não interfere na brotação de soqueira e não atinge a gema apical, além de evitar o florescimento e a isoporização das plantas”, finaliza Carulina Oliveira.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura