NOTÍCIAS

México e IICA fortalecerão cooperação de desenvolvimento do agro

O Secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural do México, Víctor Villalobos, recebeu ao Diretor Geral do IICA, Manuel Otero, e o Representante do Instituto neste país, Diego Montenegro, e conversaram sobre o desenvolvimento conjunto de projetos que b

 O secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural do México, Victor Villalobos Arámbula, e o Diretor Geral do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), Manuel Otero, concordaram em reforçar ações conjuntas para fortalecer o setor agroalimentar do país.

Reunidos na Cidade do México, Villalobos e Otero concordaram em fortalecer a cooperação técnica e ampliar as possibilidades de trabalho conjunto, a partir das prioridades do campo mexicano.

No encontro, o titular da Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Sader) saudou o trabalho coordenado que vem sendo mantido com o organismo internacional no desenvolvimento de projetos em favor do agro.

Villalobos expressou que o setor agroalimentar é chamado a ser um motor de desenvolvimento do México, objetivo para o qual o IICA contribui com ações para melhorar a competitividade e a produtividade.

"O IICA é um aliado estratégico e seu trabalho tem sido de grande utilidade para o país", disse Villalobos.

Otero reconheceu "a confiança depositada no IICA para desenvolver as dezenas de projetos que estão sendo executados em 2019 em matéria de sanidade agropecuária, gestão em territórios, agricultura, desenvolvimento agropecuário, avaliação, inovação e mudanças climáticas".

Os projetos prioritários da Sader são quatro, entre os que se destacam os que abarcam o fortalecimento da cesta básica, a facilitação de crédito para pequenos pecuaristas, a produção de fertilizantes e de autossuficiência alimentar em grãos e leite.

No México, os projetos que o IICA executa são realizados sob um acordo geral com a Sader e instituições públicas e privadas, e ganharam o reconhecimento das autoridades mexicanas pelo fato de sua capacidade técnica tem fortalecido a atividade agroalimentar do país.

As principais contribuições da cooperação técnica do IICA são a geração de políticas públicas e marcos institucionais; inovação tecnológica, institucional e comercial; a promoção da sanidade agropecuária e inocuidade agroalimentar; bem como o fortalecimento das capacidades empreendedoras e associativas dos atores da cadeia; de atores dos territórios rurais, e as de relacionamento, vinculação e articulação da cooperação internacional.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura