NOTÍCIAS

Monitoramento meteorológico talhão por talhão ajuda no planejamento do plantio

O clima é uma variável fundamental para o dia a dia do agronegócio. Planejamento, desenvolvimento e colheita das lavouras dependem diretamente das condições climáticas. Com a evolução tecnológica, ferramentas como os radares meteorológicos são aliadas de pequenos e médios produtores, e também de grandes companhias. “Conectados a outros sistemas de aquisição de dados, os radares meteorológicos ajudam no monitoramento das chuvas em tempo real, permitindo seu acompanhamento, além de obter sua distribuição talhão por talhão, com resolução espacial de até 100 metros”, afirma a gerente de Produto Agroclima PRO, da Climatempo, João Castro.

Desde o ano passado, a Climatempo, empresa privada de meteorologia do país, é a única no Brasil a oferecer as informações de chuva talhão por talhão medidas por radar meteorológico. O Radar Agro, já integrado ao Agroclima PRO, serviço de agrometeorologia 4.0, mede o volume de chuvas em um raio de até 100 quilômetros.

O equipamento é desenvolvido com tecnologia 100% brasileira, com uso de alguns componentes importados. Instalado em um ponto da fazenda, em uma posição fixa, o Radar emite pulsos eletromagnéticos em todas as direções e é possível programar giros de 360º a cada minuto ou de acordo com a necessidade, a partir da consultoria dos profissionais da Climatempo.

“Oferecemos um monitoramento em tempo real das condições de chuva em praticamente todo estado de São Paulo, com a possibilidade de integrar as imagens de radar com o nosso sistema de alertas. Além disso, nosso sistema permite que o usuário acompanhe a evolução temporal da distribuição das chuvas ao longo da safra na fazenda”, diz Castro.

O serviço do Radar Agro é contratado por área monitorada, com custo anual relacionado. A solução está disponível tanto para pessoas físicas quanto para a aquisição de grandes organizações, cooperativas e outras instituições do segmento. “Temos a possibilidade de entregar essas informações ao usuário diretamente pela plataforma de suporte à decisão Agroclima PRO ou via link WMS (protocolo padrão de imagens georreferenciadas) para que as imagens possam ser integradas a qualquer sistema interno das empresas”, explica o gerente de Produto.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura