NOTÍCIAS

Netafim e Bayer desenvolvem projeto de irrigação inteligente

A israelense Netafim - empresa de irrigação por gotejamento - e a Bayer, unirão forças para melhorar o aproveitamento da água e a aplicação de produtos de proteção de culturas de forma mais eficiente. Denominada "DripByDrip", o sistema de irrigação por gotejamento permitirá aos agricultores aplicar defensivos de forma mais direcionada e com economia de água, utilizando a tecnologia das líderes de mercado, Netafim e Bayer.

"Para satisfazer a crescente demanda alimentar no mundo, precisamos encontrar soluções inteligentes que otimizem a utilização dos recursos naturais, garantindo alta produtividade nos campos", ressalta Carlos Sanches, diretor de Marketing Mercosur da Netafim. A irrigação inteligente, gota a gota, já é amplamente utilizada como um sistema de entrega de água e nutrientes de maneira precisa e eficiente nas raízes das plantas, ajudando produtores a conseguir produtividades elevadas e conservar a água.

Com a parceria, os agricultores também serão capazes de aplicar produtos de proteção de culturas de forma ainda mais eficaz e segura. O DripByDrip, é uma solução sustentável e fácil de usar, que combina tecnologias dos defensivos com irrigação por gotejamento inteligente. Pelo sistema os agricultores poderão utilizar menos água e continuar garantindo o bom desenvolvimento e proteção das plantas contra pragas e doenças, resultando em rendimentos mais elevados e melhor qualidade do produto final aos agricultores e consumidores.

Além disso, a nova abordagem ajudará os agricultores aplicar produtos de proteção das culturas de uma forma fácil e segura. Sendo um sistema de transferência fechado, DripByDrip, contribui para a segurança do operador, e redução de mão de obra.

Produzir mais com menos

Durante a elaboração do projeto, vários testes foram realizados em uma fazenda de HF no México. Os resultados mostraram aumentos significativos de produtividade, economia de água e redução nos custos de produção.

Os estudos mostraram, principalmente, mais eficiência na utilização da água, economizando 60% do recurso. “Foi constatado aproveitamento de 95% no desenvolvimento das plantas, se comparado aos 40% no sistema tradicional da inundação. A irrigação por gotejamento, igualmente, aumentou a eficiência da aplicação do fertilizante”, explica Sanches. “Esses resultados vão de encontro aos ideais da Netafim, produzir mais com menos”, acrescenta.

Apesar do planeta ter 75% de sua superfície composta por água, apenas 2% dela é doce. Nesses, 70% é utilizado pela agricultura ou pecuária, por isso, pensar em tecnologias que melhoram o aproveitamento do recurso natural é fundamental para o futuro da população mundial e sua necessidade alimentar.

As provas também evidenciaram melhora na qualidade dos produtos e redução de 53% no volume de aplicação de defensivos, fatores que resultaram em redução nos custos de produção e incremento na receita líquida do produtor.

Estudos também foram realizados no Chile, Israel, Turquia, Espanha e Brasil. As empresas planejam lançar o sistema no final deste ano no México.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura