NOTÍCIAS

Norte e Sudoeste apresentam crescimento de área com laranja

A perda menos expressiva de pomares nestas regiões deve-se provavelmente aos baixos índices de greening.

Apesar do aumento do número de árvores, a área plantada com laranja diminuiu 1,42% em todo o cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste Mineiro, passando de 401.470 hectares para 395.764 hectares, de acordo dados do Inventário de Árvores do Fundecitrus. Considerando as cinco regiões que compõem o parque, Norte (regiões de Bebedouro, Altinópolis e Triângulo Mineiro) e Sudoeste (regiões de Avaré e Itapetininga) foram as únicas com variação positiva da área de laranja, 1.384 e 275 hectares, respectivamente.

A perda menos expressiva de pomares nestas regiões deve-se provavelmente aos baixos índices de greening. Segundo levantamento feito pelo Fundecitrus em 2018, a incidência média de greening no cinturão citrícola é de 18,15%, mas o Norte tem 5,21% das árvores sintomáticas e o Sudoeste, 8,20%.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura