NOTÍCIAS

Novo prebiótico ajuda no combate aos nematoides e aumenta vigor do canavial

  • 19/06/2018 |
  • Kassiana Bonissoni

Um novo conceito de produto está sendo introduzido no Brasil, após anos de pesquisa de desenvolvimento, em diversos países e culturas, a Rotam do Brasil lança o Maskio, focado para a Cana de Açúcar. É um prebiótico que estimula o desenvolvimento e proliferação de fungos e bactérias predadores naturais dos nematoides presentes no solo. O produto também atua diretamente na elevação do vigor da cultura.

 “O Maskio pode ser aplicado em todas as épocas do ano, em todos os ambientes de solo, e em quaisquer condições de umidade. Além disso, é compatível com os principais agroquímicos utilizados no sulco de plantio da cana-de-açúcar”, destaca Luciano Kajihara, especialista de Pesquisa e Desenvolvimento Técnico.

O nematoide é um problema antigo no País e na cana chega a causar redução média de 25% na produção dependendo da infestação. Os tipos mais comuns nos canaviais são: Meloidogyne incógnita, Meloidogyne javanica, Pratylenchus zeae e Pratylenchus brachyurus. “O produto age no solo, elevando o crescimento das bactérias, Bacillus e Pseudomonas e dos fungosTrichoderma e Penicillium estes micro-organismos são benéficos, pois são nematófagos, e já se encontram nos solos brasileiros o uso do Maskio no solo proporciona o seu desenvolvimento.Todo esse cenário é mais uma ferramenta que as usinas e os produtores sucroenergéticos passam a ter para auxiliar o manejo desses vermes”, explica Kajihara.

A outra área de atuação do Maskio é no vigor de plantas, impactando no crescimento radicular, acelerando a brotação e no desenvolvimento da parte superior. Uma pesquisa realizada em oito áreas comerciais de usinas de açúcar e álcool em São Paulo e Paraná avaliou o desempenho do produto. “O resultado médio das oito usinas apontou um incremento de até 400 kg açúcar por hectare. Ou seja, todas as características do produto resultam em maior rendimento”, avalia o especialista da Rotam do Brasil.


ver mais notícias