NOTÍCIAS

Novos sistemas criam oportunidade para produção de frutas vermelhas no Cerrado

Frutas vermelhas: sistema de produção de morango, mirtilo e amora-preta é o tema do próximo módulo da capacitação em Fruticultura Tropical. - Foto: Divulgação Embrapa

Frutas vermelhas: sistema de produção de morango, mirtilo e amora-preta é o tema do próximo módulo da capacitação em Fruticultura Tropical e será apresentado na próxima terça-feira (24/08) pelo pesquisador Luís Eduardo Corrêa Antunes, da Embrapa Clima Temperado (RS) no canal da Embrapano YouTube.

A produção de morango é uma atividade centenária no Brasil, tradicionalmente cultivado em regiões de clima temperado e subtropical, como o Sul e o Sudeste do País, e é de grande importância para o agronegócio. Já a amora-preta e o mirtilo, o pesquisador conta que o cultivo é mais recente: “Os primeiros trabalhos de pesquisa foram iniciados nos anos 1970, com a criação da Embrapa e com o lançamento das primeiras variedades brasileiras”.

As pesquisas continuam com a avaliação de cultivares e seleções avançadas. “Novos sistemas de produção [fora do solo] trazem excelente oportunidade para empreendedores de regiões não-tradicionais, como o Cerrado brasileiro, de produzir fruta de qualidade e fora do período da safra das regiões produtoras”, comenta Antunes. 

Ele destaca que o Brasil é o um dos países no hemisfério Sul que tem maior potencial de produção e exportação de frutas vermelhas na contra estação do hemisfério Norte. Há a possibilidade de produção no modelo tradicional de clima temperado (estações do ano bem definidas) e ainda nas regiões com menor riscos de geadas (clima subtropical) e de clima tropical, como o Cerrado e regiões de altitude no Nordeste”.

Durante a palestra, o pesquisador apresentará as características da produção, abordando riscos e oportunidades, cultivares com potencial de adaptação a clima quentes, tecnologias para produção fora de solo e produção programada. Um exemplo é o “sistema recirculante” de produção de morangos fora de solo (em substrato), que é uma tecnologia inovadora e menos agressiva ao meio ambiente, que também facilita a vida do produtor. “Esse sistema está garantindo excelentes oportunidade para pequenos e médios produtores, gerando renda mais constante na propriedade rural”, pontua.

Também serão abordados na palestra temas como produção forçada para amora-preta e cultivo de mirtilo em vasos, produção de mudas. 

A Capacitação em Fruticultura Tropical é uma realização da Embrapa Cerrados, Emater-DF e Superintendência Federal de Agricultura DF (Mapa), em parceria com Emater-MG, Emater-GO, Senar e da Rota da Fruticultura da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride).

Outras palestras

A primeira palestra técnica da Capacitação teve o tema “Maracujá: cultivares, sistemas de produção e mercado”, e foi realizada em 15 de junho pelo pesquisador Fábio Faleiro, da Embrapa Cerrados. A segunda foi “Citros: do plantio à colheita”, ministrada pelo pesquisador Eduardo Augusto Girardi, da Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA) em 29 de junho. 

A terceira, “Mercado e a comercialização de frutas frescas e processadas”, de Ana Maria Costa, pesquisadora da Embrapa Cerrados, foi apresentada no último dia 13. A quarta palestra foi apresentada no dia 27 de julho pelo pesquisador João Dimas Garcia Maia, da Embrapa Uva e Vinho (Bento Gonçalves, RS), com o tema “Uvas de mesa: cultivares, sistemas de produção e mercado”.

Também já estão agendadas as seguintes palestras, sempre às 9h:

Serviço: Palestra Frutas vermelhas: sistema de produção de morango, mirtilo e amora-preta 

Quando: 24 de agosto, às 9h 

Onde: Canal da Embrapa no YouTube

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura