NOTÍCIAS

Nufarm disponibiliza R$ 1,5 bilhão para financiar insumos através de CRAs

A companhia Nufarm estruturou cinco captações em Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) no período de 2016 a 2019. Segundo a empresa, os papéis atraíram número significativo de investidores, superaram valores iniciais e hoje totalizam R$ 1,5 bilhão. O montante, conforme a empresa, está financiando agricultores e distribuidores de insumos agrícolas na compra de agroquímicos da Nufarm, além de máquinas e equipamentos, fertilizantes e sementes.

O diretor geral da Nufarm Brasil, Fernando Manzeppi, afirma que as estruturações de CRA têm ajudado, safra após safra, a reduzir a dependência bancária de um grupo importante de clientes da companhia, sobretudo pequenos e médios produtores e empresas de menor porte do canal de distribuição.

Manzeppi destaca que do total de R$ 1,5 bilhão proveniente do CRA Nufarm, R$ 800 milhões se destinam à comercialização de itens do portfólio da empresa, enquanto R$ 700 milhões estão voltados ao financiamento de outros insumos de suporte à produtividade agrícola, principalmente fertilizantes e sementes.

De acordo com a CFO da Nufarm para a América Latina, Iara Souza, o custo de captação cobrado do cliente da Nufarm no CRA foi de 0,70% ao mês na última safra, “bem abaixo, portanto, do spread adotado nos financiamentos tradicionais dessa cadeia produtiva”. Ela explica ainda que o vencimento dos papéis ocorre entre três e quatro anos, dependendo do programa.  “O cliente recebe recursos para pagamento no prazo-safra, e após a liquidação tem acesso a um novo financiamento, com vistas à safra seguinte”, resume Souza.

Para o diretor geral Manzeppi, a captação via mercado de capitais gera valor ao negócio do cliente da Nufarm e fortalece laços comerciais estratégicos.  “Frente à acirrada competitividade do mercado de agroquímicos, o CRA Nufarm constitui um diferencial de serviços que fideliza o agricultor e o distribuidor ao portfólio de nossa marca”, reforça Manzeppi. O executivo revela que nos dias de hoje cerca de 10% do faturamento da companhia resulta da estruturação de operações de CRA para clientes.

“São prioridades da Nufarm ampliar o acesso do mercado aos produtos da marca, elevar a participação em culturas-chave e buscar o sucesso compartilhado com clientes estratégicos”, finaliza Fernando Manzeppi.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura