NOTÍCIAS

Pesquisa de campo recolhe dados sobre a cana no ES

No segundo levantamento da cultura, realizado em agosto, a produção de cana no Espírito Santo estava estimada em 3,02 milhões de toneladas, sendo 39,8% destinada ao açúcar e 60,2% destinada ao etanol. - Foto: Wenderson Araujo/CNA

Os municípios capixabas que fazem parte da região produtora de cana-de-açúcar recebem nesta semana a visita de técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que estão em campo para pesquisar dados que deverão compor o 3º Levantamento de Cana da Safra 2019/2020 do país. Os estudos devem ser concluídos na quinta-feira, 14 de novembro.

Ao todo, serão percorridas usinas e destilarias em cinco municípios: Conceição da Barra, Pedro Canário, Linhares, Boa Esperança e Itapemirim. Durante o trajeto, serão colhidas informações sobre a situação da colheita e as estimativas da produção de cana, açúcar e álcool. Também serão avaliadas questões relacionadas às condições climáticas do local.

No segundo levantamento da cultura, realizado em agosto, a produção de cana no Espírito Santo estava estimada em 3,02 milhões de toneladas, sendo 39,8% destinada ao açúcar e 60,2% destinada ao etanol. Com isso, o estado produziu 143 mil toneladas de açúcar e 129,6 milhões de litros de etanol. Já o 3º Levantamento da Safra de Cana será divulgado no dia 19 de dezembro, no site da Conab.

O processo de acompanhamento da safra de cana-de-açúcar é realizado com o propósito fundamental de abastecer com informações e conhecimentos relevantes que auxiliem o governo federal a gerir as políticas públicas voltadas para o setor e apoiem a tomada de decisão dos agentes do mercado, tendo em vista sua importância estratégica e econômica para o Brasil. Esse trabalho é realizado a partir de uma parceria permanente entre o setor público e o setor privado, promovendo avaliações quadrimestrais da safra brasileira de cana-de-açúcar. Os resultados são divulgados em quatro boletins anuais.

O último acompanhamento da safra brasileira de cana de açucar, de agosto de 2019 mostra que área colhida está estimada em 8,38 milhões de hectares, retração de 2,4% se comparada com à safra 2018/19. A produção de cana-de-açúcar, estimada para a safra 2019/20, é de 622,3 milhões de toneladas, acréscimo de 0,3% em relação à safra anterior.

Sudeste: a produção estimada de cana-de-açúcar processada deverá atingir 394,3 milhões de toneladas, 1,5% inferior à safra 2018/19. 

Centro-Oeste: apresentou crescimento de 2,7% na área a ser colhida, atingindo 1.841,8 mil hectares, com leve aumento de 1% na produtividade e incremento de 3,7% na produção, atingindo 142 milhões de toneladas.

Nordeste: redução de 0,2% na área, atingindo 832,1 mil hectares. Estima-se recuperação na produtividade em torno de 6,1%, em razão da melhoria das condições do clima, e produção prevista em 47 milhões de toneladas, com aumento de 5,9% em relação ao exercício passado. 

Sul: a região apresenta queda de 6,1% na área a ser colhida, na safra 2019/20, principalmente nas áreas de fornecedores, que foram reconvertidas para produção de grãos. Estimativa de 35,4 milhões de toneladas. 

Norte: responsável por menos de 1% da produção nacional, a área cultivada apresentou redução de 5% e a produção prevista em 3,6 milhões de toneladas.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura