NOTÍCIAS

Pesquisadores apresentam impactos dos nematoides na horticultura

Pesquisador Jadir Pinheiro durante palestra no 36º Congresso Brasileiro de Nematologia.

Nessa semana, entre os dias 26 e 30 de maio, diversos estudos que a Embrapa Hortaliças (Brasília, DF) realiza sobre os impactos dos nematoides na horticultura foram apresentado na 36ª edição do Congresso Brasileiro de Nematologia, realizado em Caldas Novas/GO, com a temática “Nematoides: da Ciência ao Campo”.

O pesquisador Jadir Pinheiro, também vice-presidente desta edição do Congresso, abordou em sua apresentação os impactos dos nematoides para a produção de hortaliças e frutas. Os nematoides são um dos principais patógenos de hortaliças e causam um grande impacto na produção por condenarem áreas inteiras de cultivo.

“É muito difícil mensurar os impactos dos nematoides na olericultura e, por isso, é preciso ressaltar que a presença deles no solo agrícola exige obrigatoriamente mudanças no manejo feito pelo produtor rural para minimizar as perdas na produção e na qualidade dos produtos. Mesmo assim, em caso de infestação severa, a consequência mais impactante é o abandono da área, que se torna imprópria para o cultivo”, sinaliza o pesquisador.

Uma das principais formas de reduzir os impactos dos nematoides na produção de hortaliças é a utilização de cultivares resistentes. No congresso, o pesquisador Leonardo Boiteux apresentou os trabalhos da Embrapa Hortaliças para o manejo de nematoides do gênero Meloidogyne relacionados com resistência genética, seleção por marcadores moleculares e caracterização de espécies. Segundo ele, o grande marco nessa área foi o gene Mi, descrito em 1944 e utilizado até hoje para incorporar resistência em cultivares. “Sem esse gene, não seria possível produzir tomates em solos contaminados com nematoides”, exemplifica.

Além das palestras, a Embrapa Hortaliças apresentou 11 pôsteres com resultados de pesquisas, realizadas com diversos parceiros, especialmente para as espécies de pimenta, pimentão, batata-doce, jurubeba, alho, grão-de-bico e cenoura.

O congresso

Com o tema “Nematoides: da Ciência ao Campo”, o 36º Congresso Brasileiro de Nematologia é promovido  pela  Sociedade  Brasileira  de Nematologia  e  organizado  pelo  Instituto  Federal  Goiano  – Campus  Urutaí, Embrapa Hortaliças e Universidade Federal de Goiás. O evento ainda conta com o apoio da Universidade de Maringá e da Universidade Federal de Uberlândia.

 


ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura