NOTÍCIAS

Pesquisas da Embrapa em controle biológico são apresentadas na Espanha

Bettiol (direita) e o prof. Enrique Monte - Foto: Arquivo Ciale

Wagner Bettiol, pesquisador da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) proferiu o seminário “Control biológico de enfermedades de plantas en Brasil: nuevos caminos y nuevos retos”, em 29 de junho de 2018, no Instituto Hispano Luso de Investigaciones Agrarias (Ciale) da Universidade de Salamanca, a convite de José Martínez Fernández, diretor desse instituto.

O seminário fez parte das comemorações dos 10 anos da inauguração das novas instalações do Ciale no Parque Científico da Universidade de Salamanca, que este ano comemora 800 anos.

Bettiol falou sobre a nova realidade do controle biológico de doenças e pragas no Brasil. Foram apresentadas informações sobre o mercado brasileiro de agentes de biocontrole; as principais culturas onde esses organismos são aplicados, em especial soja, algodão, cana-de-açúcar, cenoura e melão; as doenças e as pragas visadas pelos bioagentes e as vantagens em relação ao uso de pesticidas químicos.

Também foram discutidas as pesquisas desenvolvidas na Embrapa Meio Ambiente e os desafios do controle biológico no Brasil, como o aumento da diversidade de organismos disponibilizados no mercado, o preço justo dos bioagentes, a adequação da forma de integração do controle biológico no manejo das culturas, o desenvolvimento de controle biológico para doenças de grande importância econômica para o Brasil, como as ferrugens da soja e do cafeeiro, o desenvolvimento do controle biológico de plantas invasoras e, finalmente, o desenvolvimento de produtos para aumentar a eficiência da fertilização mineral.

Além destes aspectos, o pesquisador também abordou a produção dos bioagentes diretamente pelos agricultores, isto é, a produção on-farm de agentes de biocontrole.

Participaram do seminário pesquisadores do CIALE, professores da USAL, estudantes, empresários, além do vice-reitor de professorado José María Días Mínguez, da vice-reitora de Investigação e Transferência de Tecnologias Susana Pérez Santos e do prefeito do município.

Além disso, Bettiol informou que neste ano foi assinado o acordo de duplo diploma de mestrado em diversas áreas entre a Universidade de Salamanca e a Universidade Federal de Lavras, acordo este iniciado durante o período de sua licença sabática em Salamanca. Esse acordo permitirá que estudantes brasileiros desenvolvam atividades na Universidade de Salamanca e os estudantes espanhóis na Universidade Federal de Lavras e no final recebam o título pelas duas universidades.

Bettiol esteve na Universidade de Salamanca a convite do Prof. Enrique Monte, líder do grupo de controle biológico da Universidade, que, em fevereiro ministrou um seminário na Embrapa Meio Ambiente sobre Trichoderma como agente de biocontrole.


ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura