NOTÍCIAS

Preços do café arábica avançam durante safra 2019/2020

Vale lembrar que, em 2018/19, os preços da variedade tiveram forte baixa, influenciados pela produção recorde.

As cotações domésticas do café arábica têm avançado durante a safra 2019/20. Na parcial da temporada (de julh/19 a abril/20), o Indicador CEPEA/ESALQ do café arábica tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista, registra média de R$ 497,47/saca de 60 kg, elevação de 9,8% (ou de 43,94 Reais/saca) em relação à do mesmo período da safra 2018/19, em termos reais (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de março/20). 

Vale lembrar que, em 2018/19, os preços da variedade tiveram forte baixa, influenciados pela produção recorde. Já nesta temporada 2019/20, que é de bienalidade negativa, os valores se recuperaram, tendo como suporte à restrição de oferta (especialmente dos cafés finos) e a eventual redução dos estoques de passagem. Mais recentemente, fatores resultantes da pandemia de coronavírus também reforçaram o movimento de alta dos preços internos do arábica em março e abril. Quanto ao robusta, ao contrário do café arábica, os preços estão menores em 2019/20. 

Na parcial da safra (de julho/19 a abril/20), o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 apresenta média de R$ 330,47/saca de 60 kg, 9% inferior ao do mesmo período de 2018/19. Após os preços recordes de 2016/17, o robusta vem se desvalorizando nas últimas safras, devido à recuperação da produção brasileira a partir de 2017/18, ao volume recorde em 2019/20 e ao bom desempenho do Vietnã (maior produtor mundial da variedade) nesta mesma temporada. 

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura