NOTÍCIAS

Programa de estágio da Aprosoja e FMC aproxima estudantes do campo

  • 06/02/2017 |
  • Ascom Aprosoja

Viver por cinco meses a rotina de uma propriedade rural de Mato Grosso e cooperar com sua gestão foi o desafio dado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e pela FMC a nove estudantes de Agronomia em setembro de 2016. Nesta sexta-feira (3), eles apresentaram seus principais desafios e aprendizados durante o ciclo da soja na safra 2016/17.

Em sua quarta edição, o Profissionais do Futuro é uma parceria das instituições citadas que tem como objetivo principal captar talentos para atuar no agronegócio. Um dos maiores diferenciais do programa é, exatamente, sua duração. Enquanto os estágios das faculdades duram cerca de um mês, os do Profissionais do Futuro têm duração de cinco, o que permite aos participantes estar durante todo o ciclo da soja, desde o preparo do solo até a colheita.

Com grande expectativa no primeiro treinamento, em agosto passado, Tamara Raiane Silvério de Souza conta que o programa superou suas expectativas. “O Profissionais do Futuro faz com que a gente se aproxime, realmente, da realidade do campo. Foi a melhor experiência que tive até agora. Não só o trabalho, mas a receptividade do pessoal da fazenda foi incrível. E na parte profissional, tive muito contato também com o município da propriedade, que é Campo Verde, e pude perceber que a cidade respira o agronegócio. Para mim, o programa foi muito importante para o que vier no futuro. Me sinto mais preparada”, afirma a estudante.

Para Victor Rossi, que sonha em ser gerente de fazenda, o Profissionais do Futuro deu oportunidade para aprender o que a universidade não ensina. “O aprendizado foi muito grande, desde as questões práticas dentro da propriedade até o relacionamento pessoal. Eu cheguei com um pensamento e saí com outro. Aprendi a escutar mais e, assim, conseguir interpretar melhor a informação e ela não ser levada adiante com um outro entendimento. Na questão administrativa, de Recursos Humanos, também foi fundamental”.

Gerente de Marketing da FMC, Adelino Thomazini, afirma que o programa atualmente é fundamental para a geração de novos e bons profissionais. “O programa é essencial para levantar novos profissionais para o mercado. Sabendo de todo o conhecimento que a Aprosoja tem dentro do agronegócio em Mato Grosso, a gente vê o projeto como uma das ferramentas mais viáveis hoje no mercado para trazer profissionais da academia para fora e já dar o primeiro passo de adaptação para eles. O projeto traz uma experiência prática que fará uma diferença muito grande no futuro”.

Da Aprosoja, a gerente de Pesquisa e Gestão da Produção e Propriedades, Cristiane Sassagima, destaca o desenvolvimento do programa. “Tivemos resultados excelentes com os estudantes e isso tem sido, positivamente, uma constante em todas as turmas. Desta vez, destaco também dois pontos: todos os estagiários desenvolveram papéis importantes dentro das propriedades rurais que estiveram e houve uma satisfação muito grande por parte dos produtores que receberam os estudantes, o que mostra que o programa tem crescido e todas as pontas do processo têm ficado satisfeitas”.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura