NOTÍCIAS

PUBLIEDITORIAL: Nutrição de Safras é o canal de informação para o agro, da Mosaic Fertilizantes

"Por que investir em fertilizante de qualidade?" é o tema abordado pelo especialista da Mosaic, Thiago Sylvestre, para inaugurar a série de conteúdos exclusivos no Portal do Grupo Cultivar.

Estamos presentes como portal web, no Facebook e no Instagram e queremos estar presente no seu dia-a-dia levando conhecimento e informação de verdade para sua lavoura. O Nutrição de Safras é o canal de informação para o agro, da Mosaic Fertilizantes. Ao acessar www.nutricaodesafras.com.br você encontra informações técnicas sobre nutrição vegetal e animal além de entender a real importância dos nutrientes para alcançar potencial produtivo de verdade, com conteúdo exclusivo escrito com a colaboração do nosso time de Especialistas. Compartilhamos também preço das commodities nas principais praças, e a cotação do dólar em tempo real e em breve, traremos também boletins agroclimáticos.

Em nosso instagram @nutrisafras, compartilhamos o que está acontecendo no campo, com a participação ativa do time comercial e através de posts, informamos de maneira leve a importância dos nutrientes na lavoura oferecendo ao final soluções Mosaic Fertilizantes. Queremos ouvir a opinião de quem nos acompanha, interaja conosco!
A partir de hoje estaremos presentes no Grupo Cultivar, com conteúdo exclusivo, desenvolvido pelo time de Especialistas da Mosaic Fertilizantes.
Para inaugurarmos essa parceria, um dos nossos especialistas, Thiago Sylvestre, trouxe um assunto que poucas vezes é discutido quando se compra fertilizantes.

Por que investir em fertilizante de qualidade?

Precisamos relembrar a importância do quesito “QUALIDADE” em fertilizantes.

Já parou pra pensar se o seu fertilizante contém excesso de pó, grânulos de tamanho diferentes e enchimento?

Mesmo com tantas tecnologias para recomendação, e gerando a prescrição agronômica mais assertiva, ainda esquecemos do quesito “Qualidade de Fertilizante”, correndo o risco dessa recomendação não chegar até a planta.

Produtos com excesso de finos (pó), impactam diretamente na qualidade de aplicação, interferindo na regulagem adequada do equipamento de distribuição. Isso pode ocorrer quando o pó do fertilizante, em contato com a umidade, forma uma pasta rígida que adere na “rosca sem-fim” causando o entupimento do fluxo do fertilizante, comprometendo a dose de produto aplicado.

A desuniformidade no tamanho dos grânulos, não permite uma boa regulagem do equipamento, ou seja, depois da aplicação, seu fertilizante não estará bem distribuído. Quando se tem tamanhos desuniformes de grânulos e com excesso de “pó”, a densidade do produto sofre variação e, desta forma, as doses aplicadas de nutrientes também vão sofrer variações.

Outro ponto muito comum é a utilização de enchimento (carga), para fechamento de fórmulas, adicionando-se matéria-primas cada vez mais concentradas, o que resulta em uma menor quantidade e variedade de nutrientes aplicados dentro das áreas.

Por isso, em toda negociação de fertilizantes, não esqueça de se perguntar:

1- Esse fertilizante tem excesso de pó?

2- Qual o tamanho dos grânulos dessa formulação?

3- Estão colocando enchimento para fechar a fórmula?

Devemos  buscar uma nutrição balanceada, através do equilibrio entre os nutrientes, para que as plantas possam expressar o máximo potencial produtivo, utilizando fertilizantes que possuam qualidade, de verdade. 

Thiago Sylvestre

Mosaic Fertilizantes

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura