NOTÍCIAS

Quebra na safra de citros pode influenciar estoques de 2022

Com encerramento da safra 2020/21 e estimativa de safra abaixo da média histórica, estoques de suco devem ser impactados no novo ciclo. - Foto: CNA

Levantamento realizado por meio de auditorias independentes junto a cada uma das empresas associadas à CitrusBR e, posteriormente consolidado sigilosamente por auditoria externa, mostrou que os estoques de suco de laranja concentrado equivalentes a 66 graus brix em poder das empresas associadas à CitrusBR devem ficar em 310.759 toneladas em 30 de junho de 2021. Se confirmado, representará uma queda de 34% em relação às 471.138 toneladas existentes no mesmo período do ano anterior. A atualização final ocorrerá em agosto. A nova estimativa representa um aumento de 14% em relação à previsão de fevereiro de 2021 e ocorre principalmente por um incremento de 6.887.626 caixas de 40,8 quilos no processamento total, que finalizou a temporada com um total de 222.528.950 caixas de laranjas de 40,8 quilos, 31,54% a menos que as 325.077.912 caixas processadas na safra 2019/20. A produção final de suco na safra 202/21 foi de 837.465,7 toneladas, 30,4% abaixo das 1.202.702 produzidas na safra anterior.

Bienualidade interrompida e estoques 2022

Segundo o Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), a safra 2021/22 está estimada em 294,17 milhões de caixas de 40,8 quilos. Embora seja maior que a safra 2020/21 a previsão aponta para um volume 10,5% abaixo da média histórica e interrompe uma longa série de alternância entre safras grandes e safras pequenas, iniciado no período 2014/15. “Esse fenômeno tem sido importante para a manutenção dos estoques em níveis confortáveis para as indústrias e para o mercado, contudo, teremos um ano desafiador pela frente com uma safra bem complicada”, explica o diretor-executivo da CitrusBR, Ibiapaba Netto. Segundo ele, embora seja necessário esperar o amadurecimento da safra que se inicia, é possível prever que os estoques em 30 de junho de 2022 estarão abaixo dos que serão auditados em 30 de junho de 2021. “A tendência é os estoques em 2022 estejam realmente próximos do que se chama de limite técnico de operação, que é justamente a quantidade de produto necessária para que possamos atravessar um longo período que começa com o fim do processamento de uma safra e se estende até a disponibilidade de suco da safra seguinte”, explica.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura