NOTÍCIAS

Santa Clara Agrociência levará para Congresso da ANDAV inovação que potencializa pulverização agrícola

Tradicional participante do Congresso ANDAV – Fórum & Exposição, a ser realizado de 12 a 14 de agosto, em São Paulo, a Santa Clara Agrociência preparou uma série de inovações para apresentar na edição deste ano. A empresa, que é líder em inovação tecnológica em nutrição e proteção vegetal, aproveitará a presença de uma visitação qualificada de mais de 5 mil pessoas ligadas diretamente ao agronegócio e que são esperadas nos três dias do evento, para detalhar os benefícios dos seus mais recentes lançamentos voltados para auxiliar no aumento da produtividade da agricultura brasileira.

Entre os produtos colocados em evidência em seu estande na Exposição, será dada ênfase especial para a nova linha de adjuvantes Silox, formada por seis compostos que se aplicam a todo tipo de cultura. De forma geral, todos eles contribuem para uma significativa melhoria na qualidade das pulverizações. Suas novas formulações permitem maior eficiência na aplicação dos insumos agrícolas, possibilitando melhor diluição das gotas, favorecendo assim um espalhamento mais homogêneo da calda sobre a plantação, o que resulta no melhor aproveitamento dos insumos, com consequente redução no desperdício.

Outro efeito positivo da linha Silox é que ela melhora os atributos físico-químicos da calda, como adequação do PH ideal, ação que diminui a deriva, e são antiespumantes entre outras, aumentando a eficácia da aplicação dos produtos na lavoura. A inovação possui ainda uma importante ação, que é a de melhorar a compatibilização de misturas, como o objetivo de buscar melhor aplicabilidade dos insumos. Tudo isso auxilia no bom funcionamento dos equipamentos de pulverização, pois o constante entupimento dos bicos, por exemplo, reduz a eficiência do operador, uma vez que ele tem de fazer várias paradas para checar o que está acontecendo e providenciar a desobstrução da peça. Também em função de sua composição, o produto consegue fazer com que, ao pulverizar o insumo, este se espalhe de uma forma mais homogênea na plantação, resultando numa maior cobertura do alvo.  

Por fim, a nova linha da Santa Clara, tende a provocar menor contaminação nas culturas vizinhas, bem como reduz o risco de contaminação ambiental. A maior eficiência colabora para se evitar pulverizações sucessivas o que reduz o uso excessivo de produtos numa mesma área, que pode gerar problemas, como por exemplo, resistência a pragas, doenças ou proliferação de plantas daninhas. Além da linha do Silox, a Santa Clara demonstrará ainda no Congresso ANDAV, o Protex, um protetor solar antiestresse para as plantas, assim como sua nova geração de bioestimulantes vegetais naturais, o Matriz G, que melhora a germinação das plantas de diversas culturas, e a Linha Totale SC, nutrição com elevada concentração de nanopartículas, que auxilia e potencializa o desenvolvimento da lavoura.

Todos esses produtos são frutos da estratégia adotada pela Santa Clara de destinar constante e expressivo investimento em pesquisa e desenvolvimento. Tal prática é constantemente reforçada por uma série de parceria com os mais renomados institutos de pesquisa do país. Na recente Conferência Internacional que a empresa promove anualmente em Ribeirão Preto, foram anunciadas duas novas iniciativas nesse sentido.

Além da assinatura de mais uma parceria entre a Santa Clara, Embrapa e a Embrapii – Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial, para a realização de pesquisas voltadas para o desenvolvimento de um bionematicida, foi assinada ainda uma parceria de cooperação com a ESALQ – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz e Embrapii, cujo objetivo é pesquisar e desenvolver biofungicidas a base de óleos essenciais extraídos de plantas.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura