NOTÍCIAS

Santa Clara apresenta tecnologia que promete aumento de até 12% de produtividade na soja

Ferramenta será destaque da marca na Agrobrasília 2019.

Santa Clara Agrociência levará para a AgroBrasilia 2019 – Feira Internacional dos Cerrados, a ser realizada de 14 a 18 de maio, em Brasília-DF, toda sua linha de compostos destinados a auxiliar no melhor desenvolvimento dos produtores brasileiros. Em seu estande montado na feira, o visitante terá a oportunidade de conhecer melhor, por exemplo, o Protex, um protetor solar para plantas que já comprovou - segundo a empresa -, em diversos testes de campo, sua capacidade de ampliar a produção de soja de 73 para 82 sacas por hectare. O experimento foi conduzido no Mato Grosso do Sul, resultando numa elevação de 12,3% na produtividade do agricultor.

Além dos produtos para a cultura da soja, o visitante que passar pelo estande da Santa Clara na AgroBrasilia 2019 conhecerá também as características da aplicação do Protex em outras lavouras, como o aumento de até 39 arrobas por hectare na produtividade do algodão e a elevação de 39 sacas por hectare na produção de batatas, ainda segundo a marca. Um dos lançamentos da empresa, o Protex funciona como um “protetor solar” que evita a insolação excessiva e a radiação UV nas folhas das plantas, se encaixando em praticamente todo tipo de cultura.

Os principais benefícios do uso do Protex são: aumento da fotossíntese, redução na temperatura média das plantas, melhor formação de frutos e flores, diminuição do abortamento de plantas e aumento do peso de grãos e frutos. A formulação permite, por exemplo, que após sua aplicação não seja levado nem pela chuva. 

No estande da Santa Clara, o visitante da AgroBrasilia 2019 poderá ainda encontrar e conhecer detalhes sobre a aplicação de, pelo menos, uma dezena de tecnologias da Santa Clara. Um desses produtos expostos na feira será o Totale, uma formulação líquida com tecnologia de nutrição de elevada concentração de nanopartículas, que facilita o manuseio e a aplicação. Por conter alto teor de nutrientes, a linha Totale necessita de menos doses, o que reduz os custos operacionais com transporte e armazenamento.

Todos esses produtos são frutos da estratégia adotada pela Santa Clara de destinar constante e expressivo investimento em pesquisa e desenvolvimento. Tal prática foi recentemente reforçada por meio de uma parceria firmada com a Embrapa para desenvolver novas gerações de nematicidas biológicos à base de extratos de plantas, além de microrganismos. Prevista para ter duração de três anos, a parceria envolve investimentos de R$ 2,4 milhões para o desenvolvimento de produtos e com foco no controle biológico de pragas, um dos segmentos com maior potencial de crescimento no agronegócio brasileiro. O estabelecimento da parceria reforça o objetivo da marca, que tem destinado uma média de 8% de sua receita anual bruta ao investimento em P&D.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura