Santander estreia na 11ª edição da AgroBrasília | Grupo Cultivar

NOTÍCIAS

Santander estreia na 11ª edição da AgroBrasília

  • 16/05/2018 |
  • Todo bem protocolado como garantia está isento da taxa flat

O Santander participa, pela primeira vez, da 11ª Edição da AgroBrasília – Feira Internacional dos Cerrados, que será realizada entre os dias 15 a 19 de maio no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, em Brasília (DF). No evento, o banco isentará os clientes da comissão (flat 0%), taxa de mercado que incide sobre o valor total da compra, como parte da estratégia de ser mais ágil no atendimento das necessidades do produtor nos dias de feira. Para esse tipo de financiamento de máquinas e equipamentos, o prazo é de 5 a 10 anos, com 20% de entrada e o próprio bem em garantia.

“Temos trabalhado na agilidade em aprovar negócios durante as feiras que participamos. Reforçamos nosso time no evento para poder avaliar riscos na concessão do crédito e dar andamento ao processo como um todo naquele momento”, explica Carlos Aguiar, diretor de Agronegócios do Santander. Para tanto, o produtor precisa apresentar quadro de produção e Imposto de Renda atualizados.

O Banco também oferecerá no evento as linhas de financiamento de longo e curto prazo, como o Crédito Pessoal (CP Agro), financiamento de máquinas, equipamentos e implementos (CDC Agro), Consórcio Agro e Seguros. Todos os produtos são adequados à capacidade de pagamento do produtor, ou seja, quitação semestral ou anual de acordo com a colheita. Outros serviços do Banco, como conta corrente e máquinas de cartões Getnet, também estarão disponíveis ao produtor no local.

“Criamos uma completa oferta de valor para o produtor encontre tudo o que ele precisa para que o Santander seja o banco dele”, ressalta Aguiar. Segundo ele, o banco segue otimista com o setor e manteve a quantidade de feiras que irá participar em 2018: serão 10, no total. “A AgroBrasília tem se mostrado um evento relevante para fechamento de negócios e participar dela é uma maneira de ficarmos mais próximos dos produtores da região”, completa o executivo.

Lojas Agro

Para estar fisicamente mais próximo do produtor, o Santander, desde janeiro do ano passado, inaugurou 16 espaços de negócios totalmente voltados ao agronegócio, as Lojas Agro. As cidades contempladas foram Cristalina (GO), Naviraí (MS), Posse (GO), Campo Novo do Parecis (MT), Canarana (MT), Paragominas (PA), Balsas (MA), Primavera do Leste (MT), Unaí (MG), Maracaju (MS), Redenção (PA), Alta Floresta (MT), Mineiros (GO), Nova Mutum (MT), Vilhena (RO) e Chapadão do Sul (MS).

Há previsão de abertura de mais seis a dez espaços até o ano que vem. Os Estados dos seis primeiros já foram escolhidos: duas no Mato Grosso; uma em Mato Grosso do Sul; uma no Tocantins e duas no Paraná. Os espaços são dedicados totalmente ao atendimento ao produtor rural com uma estrutura de atendimento, em horários pré-agendados, composta por um gerente geral, dois gerentes comerciais, sem a presença de caixas.

“Os espaços vem apresentando um ótimo desempenho e o sucesso do modelo de negócios e a forte demanda têm transformado alguns dos espaços em uma agência completa”, conta o diretor. Além das lojas Agro, o banco possui 300 agências vocacionadas ao setor, distribuídas por todo o País. Nesses locais, os produtores são atendidos por gerentes especializados e contam com a assessoria de agrônomos.

O reforço no atendimento ao Agronegócio fez com que o Santander seja o Banco que mais cresceu na concessão de crédito ao setor. A carteira de crédito ampliada (que considera Recursos Obrigatórios e Livres, LCA, BNDES, Funcafé, Recurso Livre e os títulos CPR e CDCA) teve um aumento de 122% entre 2015 e março de 2017, chegando a R$ 14,23 bilhões. Somente em 2017, quando o montante atingiu R$ 13,03 bilhões, o crescimento foi de 42% ante 2016.

ver mais notícias