NOTÍCIAS

Secretário de Agricultura Familiar reafirma apoio às cadeias produtivas na abertura da Expoagro Afubra

Trabalhamos para desburocratizar procedimentos e deixar, realmente, os produtores empreenderem, disse o secretário. Foto: MAPA

Ao participar  da abertura da 19ª Expoagro Afubra, em Vale do Rio Pardo (RS), o  secretário de Agricultura Familiar do Mapa, Fernando Schwanke, enfatizou a disposição da ministra Tereza Cristina de implementar ações de fortalecimento da agricultura brasileira e de apoio às pequenas e médias propriedades rurais. Schwanke destacou que a região possui 40% da população na área rural, enquanto a média do país é de 20%, e avaliou que isso ocorre devido à cultura do tabaco e suas etapas de produção.

O evento acontece até amanhã, dia 28, e tem como destaque temas de interesse do agricultor familiar como diversificação no campo, gestão da propriedade rural e sustentabilidade. Com o propósito de fortalecer o trabalho das agroindústrias familiares, a feira reúne opções em tecnologias para o campo e busca incentivar a diversificação dos produtores rurais. As atividades devem atrair um público de cerca de 100 mil pessoas, além dos mais de 400 expositores presentes.

“No Ministério da Agricultura, queremos deixar que os grupos envolvidos nas cadeias produtivas trabalhem e produzam, não queremos atrapalhar. Hoje, o setor do tabaco exporta 89% da sua produção e nós estamos atuando no sentido de desburocratizar procedimentos e deixar realmente os produtores empreenderem”, explicou o secretário. “No ano que vem, nos 20 anos da Expoagro Afubra, a tendência é que a ministra esteja presente para conhecer a nossa região e ver de perto a importância do tabaco”.

Sobre o tema central da feira “Tecnologias para o Campo: Gestão”, o presidente da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Benício Albano Werner, ressaltou o papel da gestão técnica e financeira na direção das propriedades rurais. “No Brasil, administrar uma propriedade tem o tamanho do desafio de pilotar um carro numa estrada esburacada e sinuosa”, comparou. “Tenho certeza de que todos gostariam de ser bem-sucedidos em seus empreendimentos e negócios e, por isso, esta edição é voltada à gestão”.

A cerimônia de abertura também teve a presença do vice-governador do Rio Grande do Sul, delegado Ranolfo Vieira Júnior; do prefeito de Rio Pardo, Rafael Reis Barros; do presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado federal Alceu Moreira; do presidente da Frente Parlamentar da Agricultura Familiar, deputado federal Heitor Schuch; e de lideranças ligadas ao setor agropecuário.

Novo pavilhão

Uma das novidades desta edição é o Pavilhão da Agroindústria Familiar, com 1.500m² de área construída e 149 estandes. A estrutura foi inaugurada com recursos do Ministério da Agricultura, do município de Rio Pardo e de emenda parlamentar do deputado Heitor Schuch.

No local acontece a exposição e comercialização do trabalho desenvolvido por propriedades rurais familiares, onde os visitantes podem encontrar doces, salames, bolos, biscoitos, artesanato, plantas e outros produtos provenientes de 80 municípios gaúchos.

“O novo espaço chega para garantir às agroindústrias um espaço de qualidade para a comercialização de seus produtos. Funciona como vitrine para alavancar as vendas do setor, aproximando mercados e consumidores do produtor, fomentando a comercialização desses alimentos, fortalecendo e reconhecendo a agricultura familiar”, ressalta Schwanke.

No dia 1º de março, o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo palestrou sobre “Pequenas propriedades, grandes produções” durante o evento de lançamento da 19ª Expoagro Afubra. Na oportunidade, ressaltou a importância dos pequenos e médios agricultores para a economia do Brasil. Dados apresentados apontam que a agricultura familiar representa 25% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura