NOTÍCIAS

Segue o preparo de áreas e plantio dos cultivos de verão no RS

Plantio avançou nas regiões em que as precipitações não acarretaram em excesso de umidade do solo. - Foto: João Guahyba Neto

Os plantios dos cultivos de verão (soja, milho, arroz e feijão) avançaram nas regiões em que as precipitações não acarretaram em excesso de umidade do solo. De acordo com o Informativo Conjuntural, elaborado pela Gerência de Planejamento e divulgado na quinta-feira, 24 de setembro, pela Emater/RS-Ascar, na região de Soledade há áreas de milho sendo semeadas, em emergência e em desenvolvimento vegetativo. Lavouras estabelecidas mais no cedo apresentam ótimo crescimento e desenvolvimento. E estão sendo realizados os tratos culturais de adubação nitrogenada em cobertura e o controle de plantas daninhas com produtos pós-emergentes. 

Na região de Ijuí, segue lento o preparo das áreas de soja nas quais há cultura de cobertura de inverno. No momento, a atenção está voltada para o controle de ervas daninhas antes do plantio, conforme o manejo planejado das culturas antecessoras. 

Nas regionais da Emater/RS-Ascar de Bagé, Pelotas, Soledade e Porto Alegre, produtores de arroz intensificam os preparos do solo e dão continuidade aos plantios. Na de Bagé, a água disponível nos reservatórios é fator limitante para o desenvolvimento da safra 2020-2021. As chuvas das três últimas semanas trouxeram pequena melhora nos volumes acumulados, mas ainda são insuficientes para atingir os volumes ideais.

Nas regiões de Frederico Westphalen, Ijuí, Pelotas e Porto Alegre, segue o plantio do feijão. Na de Frederico Westphalen, parte da cultura semeada está em germinação, com as demais áreas em desenvolvimento vegetativo. Os produtores realizam adubações em cobertura. 

Frutícolas

Na regional da Emater/RS-Ascar de Santa Rosa, produtores de citros realizam tratos culturais nas áreas, como roçadas e aplicação de produtos agroecológicos para manter a sanidade dos pomares. Colheita da laranja Valência em andamento; a venda é realizada em residências, bares e restaurantes dos municípios produtores e arredores. Em Porto Xavier, a produção de abacaxi será bastante afetada, o que influenciará na oferta da fruta na região. Segue a implantação de melancia e melão. 

Olerícolas

Na regional de Ijuí, as condições de alta umidade e baixa insolação diminuíram o ritmo de crescimento das olerícolas, mas sem comprometerem a qualidade. A queda de granizo ocorrida com mais intensidade na sede do município,  provocou estragos maiores nas plantações e estruturas, e nos demais municípios da região houve pequenos danos nas olerícolas. O retorno da umidade no solo proporcionou novos transplantios e semeaduras entre sexta e sábado, dando continuidade ao escalonamento de plantio planejado. Folhosas seguem com boa produção, principalmente em ambiente protegido, atendendo a demanda da região. Produto de boa qualidade, boa sanidade e baixa incidência de pragas.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura