NOTÍCIAS

Seminário discute o agronegócio da cebola no Brasil, Argentina e Uruguai

  • 07/04/2017 |
  • Maria Eduarda Abreu

O 21º Seminário Nacional de Cebola (SENACE) e o 20º Seminário de Cebola do Mercosul serão realizados de 26 a 28 de abril no Complexo Multieventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), em Juazeiro-BA. O objetivo do evento é discutir o agronegócio da cadeia produtiva da cebola no Brasil, Argentina e Uruguai.

Os seminários são organizados pela Associação Nacional de Cebola (ANACE), Associação de Produtores de Cebola do Médio São Francisco (APROCESF) e Embrapa Semiárido, em parceria com diversas instituições ligadas à cadeia produtiva da cebola.

Durante a programação serão abordados temas relacionados à cultura da cebola como: melhoramento genético, nutrição, semeadura direta, produção sustentável, produção de sementes, irrigação por gotejamento, mercado e oferta da cebola no Brasil e em outros países do Mercosul.

O público estimado dos seminários é de 500 pessoas, entre pesquisadores, técnicos, produtores, empresários e estudantes dos três países envolvidos. As inscrições são gratuitoas e podem ser feitas através do site www.seminarionacionaldecebola.com.br/wp até o dia 20 de abril.

O evento acontece anualmente, revezando a sede entre as principais regiões produtoras de cebola. Esta edição ocorre no Vale do São Francisco, a terceira região produtora de cebola do país, com 172.100 toneladas em 2015.

De acordo com o pesquisador da Embrapa Semiárido Nivaldo Duarte Costa, um dos organizadores do evento, a importância socioeconômica da cultura se destaca por ser a segunda atividade agrícola irrigada no Vale, depois da fruticultura. O cultivo é realizado durante o ano todo, com concentração de plantio nos meses de janeiro a março, gerando em torno de 69.000 empregos diretos e indiretos e movimentando na região cerca de 500 milhões de reais/ano.


ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura