NOTÍCIAS

Simpósio marca 10 anos de projeto sobre impactos das mudanças climáticas na agricultura

O principal foco do projeto foi o estudo dos impactos das mudanças climáticas sobre os problemas fitossanitários, avaliando as potenciais alterações nesse cenário para a agricultura brasileira. - Foto: Tony Oliveira/CNA

No próximo dia 26 de junho, será realizado, no Espaço Solos do Brasil, no Instituto Agronômico – IAC, Campinas, SP, o Simpósio Impactos das Mudanças Climáticas na Agricultura. O evento celebra os 10 anos do projeto Climapest, bem como do experimento tipo FACE, único implantado na América Latina e o primeiro a estudar o impacto do aumento da concentração de CO2 na cultura do café no mundo, instalado na Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) e liderado pela pesquisadora Raquel Ghini (em lembrança).

Conforme os organizadores, "o projeto atendeu a vários aspectos importantes, ainda não contemplados na literatura científica, com informações de longa duração (acima de 3 anos contínuo) em bioma tropical".  

O principal foco do projeto foi o estudo dos impactos das mudanças climáticas sobre os problemas fitossanitários, avaliando as potenciais alterações nesse cenário para a agricultura brasileira. Foram abordados estudos de experimentação (enriquecimento de CO2; aumento de temperatura e de UV-B) e de simulação com elaboração de mapas de distribuição geográfica e temporal de doenças, pragas e plantas invasoras no clima futuro.

Pelo seu pioneirismo científico em diversos aspectos, esse projeto além de produzir resultados relevantes nos anos de sua execução, também estimulou o surgimento de muitos outros estudos importantes no tema de mudanças climáticas na agricultura.

A programação terá a abertura do chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente Marcelo Morandi. Entre os temas apresentados estão os resultados dos 10 anos do Climapest, a influência da mudança climática no desenvolvimento de novas variedades de hortaliças; a interação do agente causal do míldio da alface, com variantes mais agressivas, às novas condições climáticas; valor nutritivo e produção de metano da Brachiaria desenvolvida sob concentração de CO2 elevado; efeitos do aumento da radiação ultra-violeta-B nas culturas de morango e soja.

Na segunda parte do simpósio o tema será o efeito da elevação de CO2, em café em experimento FACE, com palestras sobre desenvolvimento, produtividade e aspectos fitossanitários da cultura do café; sazonalidade das relações hídricas, trocas gasosas e do metabolismo de carboidratos em resposta ao aumento da concentração atmosférica de CO2 em café arábica; polinização e florescimento no café arábica, controle biológico natural de bicho-mineiro, moscas-das-frutas e ácaros em cafeeiros e matéria orgânica do solo na cultura do café sob atmosfera enriquecia.

Os coordenadores são os pesquisadores Emília Hamada e Wagner Bettiol, da Embrapa Meio Ambiente e Francislene Angelotti, da Embrapa Semiárido (Petrolina, PE).

As inscrições são gratuitas e podem ser no site www.embrapa.br/meio-ambiente/simposio.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura