NOTÍCIAS

Soluções que ativam a resistência natural da soja auxiliam na prevenção à ferrugem asiática

Tecnologias serão apresentadas pela Alltech Crop Science no Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR), entre os dias 03 e 07 de fevereiro.

Identificada pela primeira vez no Brasil em 2001, a ferrugem asiática está entre as principais adversidades que atacam as lavouras de soja. Segundo levantamento do Consórcio Antiferrugem, essa doença possui um custo médio anual de US$ 2,8 bilhões por safra no país. A família de Douglas Cristiano Dalgalo trabalha com a cultura há cinco décadas, no Distrito de Espigão Azul, Cascavel (PR). Nesse cenário, o produtor explica que uma das formas que encontraram de prevenir alguns problemas foi com a utilização de soluções que colaboram na resistência natural das plantas.

“Trabalhamos com o uso dessas tecnologias há cerca de uns dez anos. É importante utilizarmos antes que a ferrugem apareça, que geralmente é mais para o final do ciclo. As soluções possuem importante fonte de nutrientes e, por isso, a planta fica mais resistente. Também é possível observar que ela se desenvolve de forma mais uniforme, ajudando no engalhamento e no pegamento de vagens”, relata Dalgalo.

O engenheiro agrônomo Vinicius Abe, gerente técnico especializado em grãos da Alltech Crop Science, explica que as soluções mencionadas por Douglas são compostas por nutrientes, aminoácidos e polissacarídeos que ajudam o vegetal a se desenvolver melhor. “A planta possui uma série de rotas metabólicas para o desenvolvimento dela, ao utilizar essas soluções, estamos ativando essas rotas metabólicas, que auxiliam para que a planta se desenvolva melhor e se torne mais resistente, e, assim, naturalmente mais tolerante às adversidades”, relata.

Estudo

Um estudo realizado pela Alltech Crop Science, no ciclo de 2017/2018, na Fazenda da Escola da Universidade Estadual de Londrina (UEL), buscou compreender o posicionamento ideal dessas soluções para o manejo alternativo da ferrugem asiática. Os resultados identificaram que além de mais resistentes, as plantas apresentaram um incremento de produtividade, variando entre 13 e 17 sacas/ha. “Isso acontece porque as plantas sofreram menos com estresses, e, consequentemente, perderam menos folhas. Isso resultou em uma maior produção de energia, chegando com mais saúde ao fim do ciclo e resultando em incremento de produtividade”, explica Vinícius Abe.

Para alcançar esses bons resultados, Vinícius Abe indica o uso de duas soluções da Alltech Crop Science, que devem ser utilizadas em associação com as aplicações de fungicidas. A primeira é o Agro-Mos, solução composta por nutrientes, aminoácidos e polissacarídeos resultantes de processos bióticos de fermentação. Ele tem o papel de aumentar a resistência natural da planta, ajudando-a a passar por estresses. A segunda é o CopperCrop, que fornece cobre na forma de complexo orgânico, permitindo um melhor aproveitamento do elemento e um bom desenvolvimento às plantas.

Exposição

Essas e outras soluções serão apresentadas pela Alltech Crop Science durante o Show Rural Coopavel, um dos principais eventos do setor agropecuário brasileiro. A exposição acontece entre os dias 03 e 07 de fevereiro na cidade de Cascavel (PR). Os visitantes da feira poderão conversar com a equipe técnica da empresa, que irá auxiliar os produtores no esclarecimento de suas dúvidas em relação às tecnologias.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura