Tendências e soluções tecnológicas em hortaliças marcam evento da Embrapa na Hortitec 2018 | Grupo Cultivar

NOTÍCIAS

Tendências e soluções tecnológicas em hortaliças marcam evento da Embrapa na Hortitec 2018

A Embrapa realiza nos dias 21 e 22 de junho, a 2ª. Edição do Painel Embrapa Inovação e Negócios, durante a Hortitec 2018, em Holambra, São Paulo, com o tema "Novas tecnologias para a produção de hortaliças".

O Painel tem o objetivo de promover a interação entre a Embrapa, empresas e instituições relacionadas com o setor de hortaliças para a estruturação de parcerias de cooperação técnica e comercial para a oferta ao mercado de produtos e processos com tecnologia da instituição de pesquisa .

“Um dos pontos fortes deste evento são os momentos dedicados à articulação e discussão entre os participantes com o objetivo de identificar as oportunidades de negócios relacionados às cadeias produtivas de hortaliças”, ressalta Anderson Alves, da Secretaria de Inovação e Negócios (SIN) da Embrapa, um dos coordenadores do evento, organizado em parceria com a Embrapa Hortaliças (Brasília, DF).

“O Painel apresenta a situação atual e as tendências de mercado no setor, de acordo com a visão de diferentes empresas, instituições ou associações representativas do setor”, comenta Fernando Matsuura, da SIN/Campinas. Além disso, alguns licenciados e parceiros da Embrapa compartilham suas experiências com o público do evento.

Breve panorama das hortaliças

O Brasil tem mais de uma centena de espécies de hortaliças cultivadas, e destas, cerca de 30 espécies tem expressivo valor econômico. Mais de 800 mil hectares são cultivados com hortaliças gerando 2,4 empregos por ha.

As principais hortaliças produzidas no Brasil são: alho, batata, batata-doce, cebola, cenoura, mandioca, melancia, melão e tomate. Estas são as hortaliças que a maior parte dos brasileiros consome, mas, existem outras, chamadas plantas alimentícias não convencionais (PANC), que incluem a azedinha, bertalha, peixinho, taioba, amaranto, ora-pro-nóbis, entre tantas outras, que são conhecidas apenas por uma parte da população e vem sendo pesquisadas pela Embrapa, institutos de pesquisa estaduais e universidades.

Sobre a programação

No primeiro dia (21/06), Anderson Alves e Warley Nascimento, chefe geral da Embrapa Hortaliças, fazem a abertura do Painel Embrapa de Inovação e Negócios. A primeira palestra com o título "O supermercado e o mercado de hortaliças" fica a cargo de Marcelo Prado, diretor comercial nacional do Carrefour e Julia Carlini, gerente de segurança alimentar e qualidade do Carrefour.

Na sequência, a Embrapa faz uma apresentação das tecnologias de cultivares da empresa, mostrando as oportunidades para parcerias. Entre os produtos estão uma nova cultivar de pimenta biquinho, a BRS Tui, de coloração salmão, doce e aromática, que a diferencia das demais cultivares de pimenta biquinho, duas cultivares de tomate, o BRS Sena, para indústria de molhos especiais e consumo in natura e o BRS Fontana, tomate para mesa, com aptidão para produção orgânica, além de um novo porta-enxerto de pimentão.

A palestra “O mercado e os novos produtos de hortaliças”, que mostra o tema sob o ponto de vista de diferentes olhares, traz como protagonistas o produtor de sementes, o agricultor e os distribuidores de hortaliças.

A apresentação de Roberto Ohara, da Sakura, no quadro “Experiência do licenciado/parceiro da Embrapa” encerra a parte de apresentações, do dia, dando lugar ao café com negócios, onde os participantes podem interagir, ampliando sua rede de contatos.

No dia 22/06, com apresentação de Fernando Matsuura, da Secretaria de Inovação e Negócios da Embrapa, o evento segue a mesma dinâmica. A primeira palestra, apresentada por Paulo Schincariol da NHS Máquinas tem a temática "A indústria de equipamentos e o mercado de hortaliças".

A Embrapa apresenta as cultivares de mandioquinha salsa e as hortaliças não convencionais (PANC), na palestra de Nuno Madeira, pesquisador da Embrapa Hortaliças. As novidades tecnológicas ficam por conta do aplicativo para identificação e detecção de doenças de tomate, desenvolvido pela Embrapa Informática Agropecuária, que será apresentado por Sílvia Massruhá chefe da Unidade e o sachê biodegradável de liberação controlada de agroquímicos com exposição de Elaine Paris, pesquisadora da Embrapa Instrumentação.

A apresentação do tema “O mercado e os novos produtos de hortaliças” fica com Stefan Coppelmans, do Instituto Brasileiro de Horticultura (IBRAHORT) e a visão do setor de refeições coletivas com Alberto Ramin Junior, da Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas (ABERC).

A experiência de parceiros da Embrapa é apresentada por Luis Galhardo, sócio proprietário da empresa de sementes Agrocinco, licenciada da Embrapa há vários anos. O café com negócios, no encerramento, dá a oportunidade de novos começos de parcerias para inovação e negócios.

ver mais notícias