NOTÍCIAS

Topseed Premium lança dois cultivares de cebolas híbridas durante o SENACE

Estação Experimental da Agristar do Brasil em Ituporanga (SC). Foto: Divulgação Agristar do Brasil

A Topseed Premium, linha de sementes da Agristar do Brasil, marcou presença na 31ª edição do Seminário Nacional de Cebola (SENACE), realizado simultaneamente ao 22º Seminário de Cebola do Mercosul. O evento ocorreu entre os dias 13 e 15 de março, no município de Alfredo Wagner (SC). Na ocasião foram apresentados aos produtores dois lançamentos: as cebolas NBR 251 e a Excalibur F1, além do portfólio de sementes de cebola híbridas.    

A variedade NBR 251 destaca-se por oferecer alta produtividade, uniformidade, além de ser ideal para o cultivo na região Sul do País. Já a Excalibur F1 possui produtividade e, com excelente casca, oferece alta tolerância às doenças da cultura.

O SENACE, realizado anualmente, reúne representantes e autoridades do setor ceboleiro. O foco do evento é promover a troca de experiências e gerar debates sobre assuntos pertinentes ao desenvolvimento de novas tecnologias, serviços e produtos voltados à produção. Para isso, mais de mil pessoas participaram das atividades desta edição, entre mesa redonda, visita técnica e seminários.

“Por se tratar de um evento de âmbito nacional, que atrai produtores de todo o Brasil, a presença da Topseed Premium foi de extrema importância. Pudemos mostrar nossos lançamentos e principais produtos, fazendo do Senace uma vitrine para expormos a tecnologia que a linha leva para o produtor rural”, detalhou o representante técnico de Vendas de Santa Catarina, Carlos Xavier.

A participação da Topseed Premium no SENACE, inclusive, é resultado do trabalho desenvolvido pela Agristar do Brasil em sua Estação Experimental, localizada no município de Ituporanga (SC). O espaço funciona há 11 anos e atua na busca por melhorias e inovações na produção de sementes de hortaliças em geral produzidas no Sul do País.

“O objetivo da estação, quando criada, era ser um meio facilitador para desenvolvermos novos materiais de hortaliças, melhores, mais resistentes e produtivos, adaptados para o clima dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Além dessa intenção inicial, também buscamos outras funções institucionais muito importantes, como ter uma filial da empresa mais próxima dos clientes, tornando assim mais eficaz o apoio estratégico ao produtor”, explica o coordenador da estação experimental e especialista em Negócios Rurais, Rubens Deuttner.   

Deuttner acrescenta que no passado, a estação atuava praticamente com a linha completa. Mas, devido ao crescimento da demanda por alguns produtos específicos, de maior importância econômica para a empresa na região, o foco atualmente é para as culturas da cebola, já que Santa Catarina é um polo importante de produção no Brasil, o tomate e o pepino indústria.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura