NOTÍCIAS

UPL lança Cultiv-e, plataforma digital sobre boas práticas de manejo de doenças na soja

O conteúdo será disponibilizado gratuitamente para agricultores, revendedores e colaboradores da empresa em um portal exclusivo.

A UPL lança em 15 de outubro, a partir das 19h, a plataforma Cultiv-e, uma nova maneira de interagir com seus clientes, compartilhando conhecimentos e conteúdos sobre boas práticas de manejo do complexo de doenças em soja – como ferrugem asiática, mancha alvo, cercospora, septoria, oídio – que ameaçam constantemente a produtividade da mais importante cultura do país. O conteúdo será disponibilizado gratuitamente para agricultores, revendedores e colaboradores da empresa em um portal exclusivo.

"A UPL é uma companhia OpenAg, ou seja, aberta à inovação e à agricultura moderna. Por isso, nossa proposta é agregar valor à cadeia de produção de alimento por meio de uma jornada digital de aprendizagem, que traz características e benefícios das nossas soluções para o manejo de doenças na soja, contribuindo assim para que os agricultores mantenham altos índices de produtividade", afirma o gerente de fungicidas da UPL Brasil, Fernando Arantes.

De acordo com o especialista, conhecer a fundo os problemas e soluções disponíveis para o adequado manejo preventivo de doenças é cada vez mais importante tendo em vista que muitos fungos acabam criando resistência a determinados grupos químicos, causando um prejuízo que pode ser superior a R$ 150 bilhões considerando apenas a ferrugem, um dos principais problemas da soja, ao lado da antracnose e da mancha alvo – igualmente preocupantes para os agricultores.

"Essa nova plataforma digital faz parte de uma estratégia global da UPL de contribuir com soluções inovadoras e sustentáveis para a produção de alimentos, uma demanda cada vez maior não apenas brasileira, mas mundial. O ensino à distância, que tem ganhado destaque durante a pandemia da Covid-19, é uma alternativa eficaz para levar conhecimento a todas as regiões do país, mesmo as mais distantes dos grandes centros de informação", salienta Arantes.

Duas tecnologias de fungicidas multissítio para soja – segmento criado pela UPL - estarão em destaque na plataforma Cultiv-e. Um deles é Unizeb Gold. Em seis safras, essa solução, em associação com outros fungicidas de sítio específico, já tratou mais de 115 milhões de hectares. Além da ferrugem asiática e da mancha-alvo, o produto tem registro para o tratamento de mancha parda e mancha púrpura da semente.

"Em pesquisas, já constatamos que 98% dos agricultores que utilizam Unizeb Gold comprovaram visualmente o manejo mais eficiente das principais doenças e, consequentemente, aumento de produtividade em suas lavouras, que é o nosso objetivo principal", destaca Fernando Arantes. "Esses resultados nos colocaram na liderança da categoria, refletindo a alta performance da composição nas lavouras do país."

Outro destaque será Tridium, uma formulação tripla de azoxistrobina, mancozebe e tebuconazol, que assegura proteção desde o início da lavoura (pré-fechamento das entrelinhas). "Os fungicidas multissítio da UPL diferenciam-se pela eficiência no manejo da resistência, um dos ideais que estão na base da nossa credibilidade, que se resume em ajudar o agricultor a produzir cada vez mais e com sustentabilidade. Investimos em inovação para beneficiar a segurança alimentar do planeta", finaliza o gerente de fungicidas da UPL.

Para mais informações, acesse www.plataformacultive.com.br.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura