NOTÍCIAS

Uso de adjuvantes em pulverizações aumenta ganho de cobertura

O uso de adjuvantes na pulverização tem se tornado uma ferramenta muito frequente no campo para dar mais eficiência a essa aplicação.

A tecnologia de aplicação na agricultura pode ser definida como o conjunto de conhecimentos que propicia a correta colocação de um produto biologicamente ativo sobre o solo ou planta. A eficiência da aplicação dependente de diversos fatores como temperatura e umidade relativa do ar, máquina e aplicador (ponta de pulverização e velocidade de aplicação) e as próprias soluções a serem aplicadas (tipos de formulações e uso de adjuvantes).

O uso de adjuvantes na pulverização tem se tornado uma ferramenta muito frequente no campo para dar mais eficiência a essa aplicação. Trata-se de um produto adicionado para auxiliar ou modificar a ação de um produto fitossanitário ou de uma mistura em tanque visando garantir a eficácia e a segurança do processo de aplicação.

Os adjuvantes são classificados em diversos tipos, segundo suas funções e o conjunto dos componentes e seu balanço dentro da formulação. Para cada necessidade, deve ser escolhido, com o auxílio de profissionais especializados, o mais indicado.

Os surfactantes são usados quando há maior superfície foliar a ser coberta e necessidade de emulsificação de produtos. Os adesivos aceleram ou incrementam a absorção da calda pulverizadora nas folhas. Os umectantes reduzem a taxa de evaporação das gotas. Os condicionadores de calda são indicados quando há risco de degradação dos ativos pelas características da água. Os redutores de deriva diminuem a formação de gotas muito finas e/ou aumentam o tamanho delas. E os antiespumantes reduzem a formação de espuma ou eliminam-na se necessário.

A Fertiláqua possui adjuvantes que reúnem o balanço adequado dos componentes funcionais para a agricultura brasileira, com os benefícios dos surfactantes, emulsificantes, umectantes, adesivos e antiespuma e a redução do potencial de deriva, resultado em pulverizações mais eficientes.

“Testes que realizamos em diversos produtores mostrou que o ganho de cobertura, em diferentes condições ambientais, aumentou em média 85% com o uso dos adjuvantes. Foram feitas pulverizações nos estados de São Paulo, Paraná, Goiás e Santa Catarina”, explica Eduardo Cancellier, coordenador de desenvolvimento de mercado da Fertiláqua.

Mais informações sobre essa categoria de produtos no website www.fertilaqua.com.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura