NOTÍCIAS

Temperaturas baixas mantém gafanhotos na Argentina

Baixas temperaturas observadas nos últimos dias, apesar do pouco volume de chuvas na região, contribuíram para conter o deslocamento do inseto em grandes distâncias. - Foto: Senasa

A nuvem de gafanhotos registrada nos últimos dias nas proximidades da fronteira com o Rio Grande do Sul ainda permanece em território Argentino. As baixas temperaturas observadas nos últimos dias, apesar do pouco volume de chuvas na região, contribuíram para conter o deslocamento do inseto em grandes distâncias. Na Província de Corrientes (AR), última localização conhecida da praga, os termômetros marcavam temperatura próxima dos 6ºC no começo da manhã desta sexta-feira (26/06).

O último comunicado oficial emitido na noite de quinta-feira (25/06) pelo Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) da Argentina, dava conta que a localização exata da nuvem de insetos era desconhecida. "Devido às baixas temperaturas, estimamos que ela não tenha se movido, pelo menos para longas distâncias", diz o informe.

Tão logo seja localizada, as autoridades argentinas planejam realizar ações de controle. "A província tem um avião disponível para realizar o tratamento. A área em que trabalhamos é de difícil acesso, com poucas estradas. Nesse sentido, pedimos aos produtores da área que entrem em contato com a Senasa se eles tiverem informações sobre a praga. Se somos mais comunicados, estamos melhor preparados", apela o comunicado.

As autoridades brasileiras permanecem atentas, com monitoramento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e de secretarias estaduais do Sul do País. "O trabalho do Mapa segue em ritmo de alerta em conjunto com as equipes técnicas das Superintendências Federais de Agricultura e dos órgãos estaduais de Defesa Agropecuária nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, além de unidades federais de vigilância agropecuária localizadas na fronteira com o Rio Grande do Sul", informa o órgão de agricultura no Brasil. 


Saiba mais em:

Mapa lança manual técnico para controle de gafanhotos no Brasil

Governo de Santa Catarina monitora nuvem de gafanhotos na Argentina

Sul do Brasil entra em emergência fitossanitária por conta de gafanhotos

Segundo Senasa, nuvem de gafanhotos continua a se deslocar em direção ao Uruguai

Direção do vento pode trazer nuvem de gafanhotos ao Brasil

Mapa monitora na fronteira nuvem de gafanhotos que invadiu Argentina

Sindag deve ajudar Mapa e governo do RS em estratégia contra gafanhotos

Nuvem de gafanhotos a caminho do Brasil



ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura